Aço Cearense premia filhos de colaboradores pelo bom desempenho escolar

 

Uma das principais frentes de atuação dos setores de Recursos Humanos hoje nas empresas é a promoção da qualidade de vida dos colaboradores. Além de ações que estimulem os cuidados pessoais – em especial com a saúde, o aprimoramento profissional e um ambiente propício para o trabalho, as corporações tem compreendido cada vez mais que o bom ambiente familiar também interfere em um melhor rendimento e motivação por parte da equipe no trabalho. Pensando nisso, o Grupo Aço Cearense realiza, no mês de fevereiro, pelo oitavo ano consecutivo, as inscrições e seleções para o Projeto Educacional, iniciativa que homenageia e premia os filhos dos colaboradores que tiveram um bom desempenho escolar durante o ano letivo anterior.

O projeto visa estimular nos estudantes a valorização das oportunidades que lhes são oferecidas com uma boa educação, colaborando, dessa forma, para a formação de cidadãos mais comprometidos com o futuro e, consequentemente, com o desenvolvimento do estado e do país.

A premiação acontecerá no dia 28 de fevereiro, quando os donos dos melhores boletins em 2017 serão parabenizados pelos diretores da empresa e receberão notebooks (1° lugares), tablets (2° lugares) e vale livrarias de R$ 500 (3° lugares).

Todos os anos, a expectativa é muito grande na empresa por parte dos estudantes e dos colaboradores, que torcem por ver a dedicação dos seus filhos na escola sendo premiada. “No ano passado, meus quatro filhos foram premiados no projeto, uma alegria muito grande. Nesse ano, a mais velha entrou para a faculdade, mas os outros três continuaram motivados a estudar, a dar o melhor e serem reconhecidos”, falou com emoção o colaborador Sérgio Ricardo Magalhães na última edição do prêmio, em 2017.

Rebeca Ellen Teixeira, filha do colaborador Elias Gomes Frutuoso, da área de produção da empresa, foi premiada pela terceira vez no projeto em primeiro lugar, em 2017, e recebeu com bastante alegria a notícia. A jovem, que cursou o 3° ano do ensino médio em 2016, e foi aprovada no curso de Psicologia da Universidade Federal do Ceará, relatou com bastante entusiasmo os anos em que conquistou a premiação no projeto pela sua dedicação com os estudos. “Além do incentivo dentro de casa, tive esse estímulo da Aço Cearense para me esforçar ainda mais”, revelou Rebeca Teixeira.

“Para nós é uma grande alegria poder reconhecer o esforço e a dedicação dos filhos dos nossos colaboradores com a própria educação, mostrando o compromisso de cada um com o futuro. Para conseguir ir mais longe, o melhor caminho é levar os estudos a sério!”, explica Ian Corrêa, Vice-presidente da empresa sobre o Projeto Educacional.