Microempresários Participam Do Empreender Geek Para Alavancar Negócios Da Economia Criativa

(Crédito: foto de divulgação)

 A economia criativa está relacionada à produção e à distribuição de bens e serviços a partir do conhecimento e da criatividade individual ou de um grupo, visando à geração de trabalho e renda. São pequenas e médias empresas que geram renda, autoestima e qualidade de vida com a realização de atividades prazerosas, através do crescimento inclusivo e sustentável. Por isso, o Sana realiza a terceira edição do Empreender Geek, um espaço para apresentação de cases, palestras, projetos, iniciativas e realização de negócios, para os que pretendem empreender em áreas vinculadas ao setor criativo.

Segundo o Mapeamento da Indústria Criativa no Brasil 2016, realizado pela Firjan (Federação das Indústrias do Rio de Janeiro), a participação do PIB Criativo estimado no PIB Brasileiro cresceu de 2,56% para 2,64%.2, no período 2013-2015, quando comparada à totalidade da economia nacional. A área criativa gerou uma riqueza de R$ 155,6 bilhões para a economia brasileira no último ano. A pesquisa cobre o período entre 2013 e 2015 e teve como cenário um momento de crise econômica nacional.

As atividades da economia criativa são baseadas no conhecimento e na produção de bens tangíveis, intangíveis, intelectuais e artísticos com conteúdo criativo e alto valor econômico agregado. Entre as áreas criativas, Consumo (44,2%) e Tecnologia (36,8%) responderam por mais de 80% dos trabalhadores criativos no Brasil, em destaque para Pesquisa e Desenvolvimento, Tecnologias da Informação e Comunicação, Publicidade e Arquitetura, ainda de acordo com os dados da Firjan.

PROJETO EMPREENDER GEEK

O projeto Empreender Geek atrai negócios focados principalmente em tecnologia, internet, games, música e entretenimento. O objetivo é oferecer oportunidade de aprimoramento profissional para os participantes, por meio de painéis, palestras, apresentações de cases de sucesso. “É um espaço de formação de networking e apoio às iniciativas inovadoras para que se aumente o dinamismo da economia local e regional, independentemente da área, seja de serviços, produtos ou soluções”, explica Igor Lucena, diretor do Sana 2017.

O Sana 2017, evento de cultura pop e oriental, acontece nos dias 14, 15 e 16 de junho no Centro de Eventos do Ceará. Além das atrações artísticas, o evento oferece oportunidades de negócios com espaços próprios para essa finalidade. Entre eles, o Sana Market onde se reúnem mais de 65 microempresários, em sua maioria, comerciantes de roupas, acessórios, artesanato, estátuas, brinquedos, entre outros e a Área do Desenvolvedor para apresentação de produtos de produtores de jogos digitais regionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.