A transformação digital é a saída para empresas após COVID-19

Há mais de nove meses, um vírus parou o mundo. Desde então, todas as pessoas passaram grande parte do tempo tentando se acostumar com a mudança radical no estilo de vida que a COVID-19 trouxe. Agora, em fase de reabertura e escalonamento na nova rotina, fez com que maior parte dos negócios criassem estratégias.

Depois de semanas de isolamento e lockdown, o mercado tem seu retorno gradativo e as atividades comuns, e depois de todas as dificuldades, o mercado está voltando ao seu ciclo normal. As perguntas que ficam na cabeça dos executivos são: “Como o mercado se comportará daqui para frente? Qual próximo fato que irá gerar uma grande mudança num curto espaço de tempo? Como devemos nos preparar?”.

A transformação digital é o principal canal para a permanência da empresa entre os altos e baixos índices dos negócios. Utilizar das ferramentas digitais é a saída indicada pelos especialistas para continuar produzindo, mesmo se home office ou carga-horária escalonada.

Para o sócio-diretor da Vivaz Soluções, Victor Ibiapina, “o uso das mídias digitais para divulgação dos produtos e serviços, processos ágeis e automatizados, a venda através de sites, aplicativos, WhatsApp, adaptação para entrega de produtos e serviços, foi e continua sendo um diferencial para os negócios que conseguiram se manter durante a pandemia”, disse.

A transformação digital é uma mudança constante e estava sendo ignorada por algumas organizações. Os negócios passarão por um período de retomada, de readaptação, mas essa transformação não precisa ser desgastante como foi no começo da pandemia, surpreendendo a todos.

“O ideal é fazer isso do modo menos desgastante possível. Por isso precisamos estar preparados para as próximas ondas e pensar em novos modelos de receita que nos possibilitem superar a crise e nos preparar para a retomada sempre”, completa Victor Ibiapina.

Com o uso das novas tecnologias, as empresas continuam fortalecidas e aparentes em meio a pandemia. Mesmo com o retorno gradativo, o mercado irá continuar utilizando as ferramentas digitais, devido os resultados positivos demonstrados no período mais crítico da pandemia.

“Orientamos nossos clientes a continuar processos de recrutamento, logística, planejamento e suas práticas, através de ferramentas e outros mecanismos, que minimizem risco aos seus colaboradores. Hoje, temos dezenas de opções para manter em segurança a saúde de todos”, finaliza o sócio diretor, Victor Ibiapina.