Além do Azul homenageia Fausto Nilo e traz composições inéditas de Marina Cavalcante

Marcado para esta sexta-feira, 21, às 20h, com transmissão ao vivo pelo Youtube, no canal da intérprete Marina Cavalcante, o show “Além do Azul” traz um repertório composto pelas obras do compositor cearense Fausto Nilo que prometem trazer ao público uma experiência incrível com novas releituras e sons intimistas, porém potentes, garantindo uma apresentação emocionante.


Em formato de live, o show acontece com a participação especialíssima de Raul Porfírio e com mais dois músicos convidados, Filipe Mota e Jefferson Portela. “Após essa linda homenagem a Fausto Nilo, seguiremos a live cantando algumas músicas autorais e outras inéditas de compositores cearenses’, declara Marina. Promete finalizar com um repertório bem eclético pautado na música popular brasileira, principalmente valorizando a música nordestina e o samba, que sempre estiveram tão presentes na trajetória da artista.

Já reconhecida por sua voz incomum, Marina tem as composições de Fausto Nilo fortemente integradas à sua trajetória. Estreou nos palcos em 2007, como backing vocal, no show do poeta Chico Araújo. Influenciada pela mãe e pelo irmão, a música entrou na sua vida tanto por essa vertente quanto pelo encontro com grandes referências da cena musical cearense: o violonista Zivaldo Maia e o mestre Tarcísio Sardinha.

O encontro com Sardinha proporcionou a construção do show Marina Cavalcante canta Fausto Nilo (2008), com um repertório todo centrado nas composições de Fausto, realizado no tradicional Restaurante Caravelle ― a iniciativa pioneira com o repertório desse compositor cearense trouxe muitas. Depois de 2008, Marina se apresentou também em Quixeramobim (cidade natal do compositor) no Hotel Veredas do Sertão, em uma homenagem a Fausto Nilo, com músicos locais e a direção de Tarcísio Sardinha ― show que contou com a presença e a participação do próprio Fausto.

Sobre Marina

Apresentou-se, desde 2010, em inúmeros projetos e espaços musicais, sempre contando com a direção e participação de grandes nomes como Tarcísio Sardinha, Raul Porfírio, Cainã Cavalcante e Thiago Almeida. Em consonância com sua própria formação, apresentou-se, sozinha ou em coletivos: no Vila Camaleão (desde 2012), Projeto Mulheres do Samba; no show Tributo a Ícones do Samba – Marina Cavalcante canta Cartola e Nelson Cavaquinho (2012); no Projeto Samba D’aruanda (2013) no Teatro das Marias, junto com toda uma nova geração de músicos, cantores e compositores cearenses.

Também fez temporadas nos tradicionais bares e palcos musicais de Fortaleza como Teresa & Jorge, Toca do Plácido, dentre outros (no período entre 2012 e 2015), sempre articulando o samba e a MPB. Participou do Projeto Debandapacá, no qual fez pré-carnavais (desde 2014), e que deu origem ao espetáculo Somos Todos Pretos.

Marina Cavalcante exibe ainda em seu histórico apresentações com a Orquestra Sinfônica da Universidade Estadual do Ceará. A convite do maestro Alfredo Barros, no show Homenagem a Humberto Teixeira, na Praça Verde do Centro de Arte e Cultura Dragão do Mar, para um público de centenas de pessoas. Em 2017, quando comemorou 10 anos de carreira, apresentou pela primeira vez ao público seu trabalho autoral intitulado “Som de Dentro”, com músicas suas e também vários ‘presentes’ de compositores nordestinos. O ano de 2020 iniciou com muitos projetos saindo da gaveta, estreou o Roda Yáyá em fevereiro, no Porto Dragão.

Com as surpresas e paralisação de eventos por conta da pandemia, Marina realizou lives e encontros virtuais com parceiros de carreira. Pela Secult, Governo do Estado, realizou o projeto virtual onde reuniu novamente as canções de Fausto Nilo. Com o músico Raul Porfírio, parceiro na arte e na vida, preparou o trabalho que está disponível no link ( https://youtu.be/NKbVBaUahww ).

Agora o show Além do Azul coroa esse momento de inovações e desafios para todos, mas que toca de perto as equipes de músicos, produtores e realizadores de eventos.