Associação Tapera das Artes apresenta o concerto com Nonato Luiz e Adelson Viana e inaugura o Serenata Café

Músicos participam da 4ª temporada do projeto Encontro Mestre & Aprendiz Almas Gêmeas, no dia 12 de outubro, às 17h

Toda a sonoridade e toda a habilidade de dois grandes artistas brasileiros, mestres da cultura musical cearense, subirão ao palco do Teatro da Tapera das Artes. Com seus violão e acordeon, apresentam-se os artistas Nonato Luiz e Adelson Viana na 4ª temporada do projeto Encontro Mestre & Aprendiz Almas Gêmeas, no dia 12 de outubro, às 17h, no Teatro Tapera das Artes, localizado em Aquiraz. Na ocasião, também será inaugurado o Serenata Café e Creperia, primeiro negócio social da Tapera das Artes.

Dentre todos os sons do universo instrumental na história, a tônica do mestre Nonato Luiz, de Lavras da Mangabeira, é o violão. Entre choros e canções, o diálogo com o cancioneiro musical nativo e outros estilos se afina. Noutro viés desse mundo sonoro, entre fole, teclas e botões, Adelson Viana demarca uma peculiar sonoridade, com a sensibilidade de um filho que nasce na capital cearense e guarda na genética o legado cultural musical nordestino. Os músicos encontram-se no palco da Tapera da Artes para apresentar o concerto “Sons da Poética Brasileira”.

A programação é uma realização do Centro de Pesquisa e Difusão da Arte-Imaginário e Ministério da Cidadania, tendo como co-realizadores a Enartes – Música Meta Educação & Marketing Cultural e a Tapera das Artes e recebe patrocínio da Usibras, Grupo Fan, M. Dias Branco, Cagece, Freseniuns, Eletra Energy, Ortobom, Acal, Banco do Nordeste, Casa Pio, Dakota, Avine, e Agradecimento Especial Enel.

O Encontro Mestre & Aprendiz, que tem a direção artística pedagógica do Maestro Ênio Antunes, traz este ano o tema “Almas Gêmeas”. O projeto abre um diálogo entre mestres e aprendizes de diversas instituições do Estado do Ceará, a partir da cidade de Aquiraz, através de concertos e de uma série de encontros artísticos pedagógicos, envolvendo um público expressivo de crianças, adolescentes e jovens, fazendo a conexão entre músicas clássicas e o regionalismo musical expressado na cultura cearense. “Da cidade ao sertão, do sertão à cidade, uma Fortaleza une a musicalidade de gigantes. São almas que se afinam, agregam e nos emocionam, pois, a genialidade dessas almas em serem gêmeas nos coloca com voz no mundo”, descreve o maestro Ênio Antunes, diretor artístico do projeto.

Sobre o Serenata Café:

Arte e gastronomia andam de mãos dadas construindo uma cultura de sons e sabores. Assim, a Tapera das Artes idealizou seu primeiro negócio social, com o objetivo de angariar fundos para os projetos da instituição. Nasce então o Serenata Café e Creperia, que será inaugurado no mesmo dia do concerto “Sons da Poética Brasileira”.

Sobre Nonato Luiz

Nascido em Lavras da Mangabeira, Nonato é um renomado violonista, compositor, arranjador e intérprete. Dono de uma obra musical com centenas de composições, seu repertório violonístico contempla desde gêneros e estilos “universais” (valsas, choros, minuetos, prelúdios, estudos, canções) e estrangeiros (blues, flamenco) até os tipicamente nordestinos (baiões, xotes e frevos).

Seu primeiro álbum foi lançado em 1980 e, atualmente, sua discografia é composta por mais de 30 discos gravados, na sua maioria autorais nos quais Nonato apresenta-se como solista de suas peças. Em outros, tanto explora obras de renomados compositores, arranjando-as para o violão, quanto divide parcerias com instrumentistas. Como concertista, possui uma carreira internacional consolidada, por apresentar-se em várias partes do mundo, principalmente pelo continente europeu, por onde excursiona anualmente, com destaque para Salzburg, terra natal de Mozart.

Nonato Luiz é detentor de vários prêmios, dentre eles um Sharp de Música, com a canção “Baião da Rua”, composta em parceria com Fausto Nilo. É ainda um dos privilegiados brasileiros que tem lançado na Europa um livro de partituras com suas composições, intitulado “Suíte sexta em Ré para guitarra”, editado pela Henry Lemoine, de Paris, além de mais cinco outros livros de partituras, editados no Brasil.

Sobre Adelson Viana

Natural de Fortaleza, acordeonista, tecladista, compositor, arranjador e produtor musical vem de uma família de músicos e teve como primeiro instrumento o acordeom e como mestre o seu pai, José Viana. Passou um longo período tocando em bailes e, posteriormente, começou a trabalhar em estúdios de gravação, shows, jingles e trilhas sonoras.

Como instrumentista, Adelson atuou por um longo tempo de sua carreira ao lado do renomado cearense Raimundo Fagner (12 anos), apresentando-se também em shows de Zeca Baleiro, Dominguinhos, Jorge Vercillo, Elba Ramalho, Naná Vasconcelos, Renato Borghetti, Yamandu Costa,Toninho Horta, Paulo Moura, Nonato Luiz dentre outros artistas.

Em 2004 esteve na França (Brest 2004), onde participou de shows no Espaço Brasil, levando a música brasileira a um grande público presente. Em 2006 tocou o Hino Nacional Brasileiro no BRAZILIAN DAY (New York). No ano de 2008, participou do VI Prêmio TIM de Música homenageando o mestre Domiguinhos quando tocou ao lado dos maiores sanfoneiros do Brasil.

Com oito álbuns lançados na carreira, Adelson já participou de inúmeros festivais e encontros musicais por todo Brasil e Exterior evidenciando o tom universal e a riqueza de timbres e de possibilidades advindas da sanfona nordestina.

Sobre o projeto “Encontro Mestre & Aprendiz” – Almas Gêmeas

Idealizado para possibilitar a aproximação de jovens aprendizes com nomes consagrados da música instrumental, o projeto “Encontro Mestre & Aprendiz – Almas Gêmeas” oferece ações educativas que resultam em concertos interativos. A programação artística do Encontro contará ao longo do ano de 2019 com a participação de 16 mestres convidados, sendo 14 atrações nacionais e duas internacionais.

Realizado mensalmente, de maio a dezembro de 2019, o Projeto tem ações que ocupam diferentes espaços, contemplando um público amplo. Atuando, assim, não apenas na formação dos aprendizes, mas também com foco no público geral interessado pela música em seus aspectos sonoros e teóricos. Para este ano, grandes nomes nacionais e internacionais estão confirmados: 

o    Outubro – Nonato Luiz & Adelson Viana – música instrumental; 

o    Dezembro – Roberto Minczuk – maestro brasileiro; 

o    Dezembro – João Carlos Martins, Ricardo Bacelar & Lia Veras – maestro brasileiro; compositor e pianista; cantora, intérprete e professora de educação musical.

Associação Tapera das Artes 

A música sempre foi a grande paixão de Ritelza Cabral, idealizadora da Instituição Tapera das Artes. Em 1993, iniciou voluntariamente ateliês com 30 crianças e adolescentes oriundos de famílias de baixa renda do distrito de Tapera, no município de Aquiraz, ocupando as mangueiras de seu sítio. O trabalho logo criou corpo e em pouco tempo já existiam 60 crianças abrigadas nas sombras dos manguezais, e os sons dos pífaros repercutiam intensamente, encantando rendeiras, pescadores, agricultores e familiares dos pequeninos músicos. 

O sucesso que o programa gerou na comunidade possibilitou em pouco tempo a sua expansão, propiciando nos anos seguintes a inclusão de novas ações educativas, com atividades voltadas para o desenvolvimento de diversas atividades artísticas. As mangueiras já não eram suficientes para abrigar os participantes e em 1996 os pequeninos estavam ocupando espaço apropriado na primeira sede da instituição. A partir daí foi possível a implantação de um programa pedagógico permanente, que gerou vários grupos musicais artísticos, dentre eles a Orquestra Bachiana Jovem de Aquiraz, criada com apoio do maestro João Carlos Martins, sob a regência do maestro Ênio Antunes. Outras conquistas merecem destaque: o Centro Cultural, parceria com a Fundação Vitae e o Teatro Escola da Tapera das Artes, com recursos não reembolsáveis do BNDES; ambos oferecem ações formativas de relevância para a cultura no Estado do Ceará.

O compartilhamento é parte do DNA da Tapera das Artes, que  desde sua fundação vem cumprindo um importante papel no seu território, município de Aquiraz, litoral leste do Ceará, propiciando a formação integral, desenvolvimento do potencial humano, suas competências e habilidades,  e o enriquecimento cultural de crianças, adolescentes, jovens e seus familiares, moradores da região, com  oferta de vários projetos e programas que têm como eixo central a música, mas que trabalham a formação do ser para posturas cidadãs ao longo da vida. 

Serviço

Residência Artística

Quando: De 7 a 11/10

Local: Centro Cultural da Tapera das Artes

Espetáculo “Sons da Poética Brasileira”

Data: 12/10 (sábado), às 17h

Local: Teatro Tapera das Artes (Rua Antônio Gomes dos Santos, S/N – Centro, Aquiraz / Ao lado do Parque Ecoeducativo Engenhoca)

Informações: (85) 3361-2704 / 987548496

ACESSO GRATUITO 

Tapera das Artes

Facebook: Tapera das Artes

nstagram: @taperadasartes_