Atriz e produtora Juliana Beirac conta as novidades de sua carreira internacional

Morando nos Estados Unidos há dois anos, onde segue firme na carreira artística, a atriz e produtora radicada no Ceará, Juliana Beirac, 24, lançou em solo americano seu primeiro filme curta metragem, “Leather Jacket”, onde escreveu, produziu e atuou.

Gravado em 2019, o curta gira em torno de uma detetive que investiga o que aconteceu com sua mãe, desaparecida, e acaba descobrindo que terá de voltar ao passado para conseguir respostas. O curta está sendo enviado para vários festivais americanos.

“Estou muito feliz e grata de poder produzir um filme estrangeiro, venho estudando o mundo cinematográfico americano há muitos anos e ter essa oportunidade de atuar no meu próprio roteiro é realmente incrível! Coloquei todo o meu conhecimento e energia nesse projeto e espero que todos gostem”.

Juliana Beirac acaba de escrever seu novo curta, chamado “Brazilian American Actress” onde está em processo de produção. O filme é uma comédia onde explora as diferenças e dificuldades de ser uma atriz morando em um pais estrangeiro.

“Esse curta é um projeto muito pessoal onde conto, de uma forma mais cômica e dramática, algumas das dificuldades que passei e passo até hoje desde que decidi tentar a carreira internacional.”