Carmelo Neto faz dinâmica em transporte público de Fortaleza para pedir o retorno das aulas presenciais

Carmelo Neto, conselheiro de juventude do governo Bolsonaro, percorreu as ruas de Fortaleza de ônibus para fazer uma gravação em defesa do retorno das atividades escolares.


O jovem gravou uma “aula de história” no coletivo, com algumas perguntas sobre o Ceará e o Brasil, para defender a sua tese de que a decisão do governador Camilo Santana, em manter as instituições de ensino fechadas, não tem fundamento científico. Segundo Carmelo, seria incoerente manter tal decisão e permitir a lotação dos coletivos em Fortaleza. 

O intuito da ação foi apoiar os profissionais da área da educação e os alunos que defendem o direito de escolha quanto ao retorno das atividades. “Infelizmente mais de 180 instituições já fecharam em todo o Ceará, e 34% dos profissionais da área da educação já foram demitidos. Dar uma aula no colégio com toda a segurança e com as recomendações da área da saúde eu não poderia, mas dar uma aula dentro de um ônibus lotado, eu posso. Qual a coerência?”, enfatiza Carmelo.
O jovem estudante de Direito ainda fez um apelo ao governador e pediu a reabertura das escolas.