Cinema do Dragão traz 4 estreias a partir desta quinta-feira (8)

Com clássicos do cineasta polonês, a Mostra Retrospectiva Krzysztof Kieslowski entra nos seus últimos dias de programação e abre espaço para a retomada de estreias, entre 3 sessões presenciais e uma sessão virtual.

   Se despedindo da mostra especial de clássicos do cineasta polonês Krzysztof Kieslowski, a Mostra Retrospectiva Krzysztof Kieslowski, que marcou a reabertura das suas salas físicas no dia 1 de outubro, o Cinema do Dragão retoma a sua programação regular de estreias presenciais com as exibições dos filmes “Sem Seu Sangue”, de Alice Furtado, “Ontem Havia Coisas Estranhas no Ceú”, de Bruno Risas, e “Os Olhos de Cabul”, de Zabou Breitman e Eléa Gobbé-Mévellec. Os ingressos custam R$ 16 (inteira) e R$ 8 (meia) e podem ser adquiridos na bilheteria do Cinema do Dragão ou no site Ingresso.com (https://www.ingresso.com/cinema/cinema-do-dragao?city=fortaleza). Na terça-feira (6), o acesso tem valor promocional por R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). 

     Nas salas do Cinema do Dragão na plataforma Cinema Virtual, estreia o longa “Amigos para Sempre”, dirigido por Shawn Seet, e seguem em cartaz “A Distância que nos Une”, de Paolo Licata; “Antigone”, de Sophie Deraspe; “Canções de Amor”, de David Stubbs; e “Meu Extraordinário Verão com Tess”, que venceu o prêmio de Best Feature Film no Festival de Berlim de 2019 e participou da 43ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo 2019, dirigido por  Steven Wouterlood. Os ingressos custam R$ 24,90 e podem ser adquiridos no site www.cinemavirtual.com.br. O acesso pode ser feito em até 72 horas e compartilhado simultaneamente em até 3 dispositivos.

Protocolos de biossegurança

     Para oferecer segurança aos seus espectadores e colaboradores, o Cinema do Dragão segue com todos os cuidados necessários ao enfrentamento ao coronavírus, conforme as orientações do Plano Setorial 23 e do Decreto Estadual vigente. Para reduzir o fluxo de pessoas, o Cinema seguirá com apenas uma sala em funcionamento e com a venda limitada a 40 ingressos. Além da ocupação reduzida, o distanciamento entre as poltronas é preservado.
    O uso de máscara é obrigatório em todas as áreas do Dragão, assim como a aferição de temperatura na entrada do Cinema. Os frequentadores do espaço também devem manter o distanciamento social mínimo de 1,5 metro de outros visitantes, dentro e fora das salas, salvo casais ou grupo de até 4 pessoas da mesma família, que podem sentar juntas. O intervalo entre as sessões cumpre o tempo mínimo de 30 minutos, reservado para a limpeza da sala. A rotina de higiene das poltronas e do sistema de climatização também foi reforçada. Todos os colaboradores permanecem paramentados com equipamentos de proteção individual e é disponibilizado álcool em gel 70% nas proximidades da bilheteria. Ingressos continuam a ser vendidos na bilheteria física, mas com cuidados redobrados na operação. O Cinema do Dragão sugere que os interessados dêem preferência por efetuar a compra antecipada pelo site Ingresso.com (www.ingresso.com/fortaleza/home/cinemas/cinema-do-draga_o) ou que efetuem a compra com a crédito, se possível com cartão por aproximação. 

Estreias da Semana  (a partir de 8 de outubro)
   
   
Dirigido pela cineasta brasileira Alice Furtado, “Sem seu Sangue” estreou mundialmente na quinzena dos realizadores do Festival de Cannes com uma estética pop bem acurada.
    “Ontem Havia Coisas Estranhas no Céu” é o primeiro filme de longa-metragem do fotógrafo paulista Bruno Risas, tendo sido premiado como melhor work in progress no Festival de Brasília e participado da seleção oficial do festival Cinéma du Réel (Paris), onde também ganhou o prêmio Loridan-Ivens.
    Exibido na competição da prestigiada seção Un certain regard do Festival de Cannes, “Os Olhos de Cabul” é uma animação francesa ambientada no Afeganistão dos anos 90. No verão de 1998, a cidade de Cabul, no Afeganistão, é ocupada pelo Talibã. O filme estreou no último mês de março na plataforma Cinema Virtual e agora estará disponível para sessões presenciais nas salas de cinema do Brasil. 

     Confira a programação a seguir.


SEM SEU SANGUE (Brasil, 2019)
Direção: Alice Furtado // 104 minutos // DCP 2K // 14 anos
Sinopse: Desinteressada pela rotina diária entre a família e a escola, Sílvia parece mover-se em busca de algo que a faça sentir-se mais viva. Acredita ter encontrado esse algo em Artur, um jovem recém-chegado em sua turma. Os dois mergulham em uma convivência intensa, interrompida por um grave acidente.
// Sala 2
08/10: 19h30
09/10: 19h30
10/10: 19h30
11/10: 19h30
13/10: 19h30
14/10: 19h30

ONTEM HAVIA COISAS ESTRANHAS NO CÉU (Brasil, 2020) 
Direção: Bruno Risas // 118 minutos // DCP 2K // 12 anos
Sinopse: O filme pauta o cotidiano de uma família na qual inúmeros fatores são inquietantes: o pai fica desempregado, os integrantes precisam mudar de casa, a mãe é abduzida, e a vida continua como se nada houvesse acontecido.
// Sala 2
08/10: 15h
09/10: 15h
10/10: 15h
11/10: 15h
13/10: 15h
14/10: 15h

OS OLHOS DE CABUL (França, 2019)
Direção: Zabou Breitman, Eléa Gobbé-Mévellec // 81 minutos // DCP 2K // 14 anos
Sinopse: No verão de 1998, Cabul é uma cidade em ruínas e ocupada pelos talibãs. Apaixonados, apesar da violência e da miséria diárias, Mohsen e Zunaira não desistem de acreditar no futuro. Mas um ato sem sentido de Mohsen perturbará a vida dos dois para sempre. O filme é baseado no livro de Yasmina Khadra.
// Sala 2
08/10: 17h30
09/10: 17h30
10/10: 17h30
11/10: 17h30
13/10: 17h30
14/10: 17h30

Mostra Krzysztof Kieslowski

     Na Mostra Krzysztof Kieslowski, alguns dos mais relevantes trabalhos de Kieslowski seguem sendo exibidos em cópias restauradas em DCP 2K. São eles: “Sorte Cega” (1987), “Sem Fim” (1985), “Não Matarás” (1985), “Não Amarás” (1988), “A Dupla Vida de Veronique” (1991) e “A Igualdade é Branca (1994). Realizada em parceria com a Imovision, a Mostra homenageia o diretor, considerado o poeta da luz, que faleceu aos 54 anos e deixou de herança uma filmografia única e humana, que lhe rendeu 3 indicações ao Oscar e a frequente seleção nos principais festivais de cinema do mundo, como Cannes, Veneza e Berlim, onde ganhou diversos prêmios. Kieslowski não apenas se tornou um dos nomes mais irreverentes e influentes dos anos noventa, como é considerado até hoje um dos diretores mais respeitados da indústria audiovisual.  Conhecidos pela abordagem da política e do cotidiano de pessoas comuns em retratos complexos, onde as escolhas nunca são simplistas,  seus filmes se tornam cada vez mais relevantes e significativos com o passar do tempo. 

     Confira a programação a seguir.

NÃO AMARÁS
Direção: Krzysztof Kieslowski |Drama| Polônia| 1988| 87 min | 16 anos
Sinopse: Jovem de 19 anos munido de uma luneta começa a observar a vida da sua vizinha (uma mulher madura), que mora em frente ao seu apartamento. Ele fica obcecado por ela e enquanto observa sua vida sexual, ele esquematiza subterfúgios para se aproximar dela. Com o tempo ele revela seu amor, mas ela o humilha e algo surpreendente acontece nesta relação.
// Sala 2
06/10: 15h

SORTE CEGA
Direção: Krzysztof Kieslowski | Drama | Polônia, França | 1987 | 114 min | 14 anos
Sinopse: Na Polônia, em 1981, o estudante de medicina Witek pede uma licença de um ano da faculdade após a morte de seu pai, para repensar sua vocação. Ele decide viajar para Varsóvia, mas enquanto corre para tentar alcançar o trem na estação, três possíveis eventos acontecem e nenhuma das três possibilidades trazem felicidade a Witek.
// Sala 2
06/10: 17h

A IGUALDADE É BRANCA
Direção: Krzysztof Kieslowski | Drama | França| 1994 | 92 min | 12 anos
Sinopse: Após se divorciar na França da mulher que ama, Dominique, um polonês volta ao seu país de origem disposto a ganhar muito dinheiro para poder se vingar do grande amor da sua vida.
// Sala 2
06/10: 19h30

NÃO MATARÁS
Direção: Krzysztof Kieslowski | Crime, Drama | Polônia| 1988| 84 min | 16 anos
Sinopse:Quando um jovem polonês desempregado, obcecado pela violência, mata friamente um motorista de táxi, um advogado recém-formado é designado para defendê-lo. Kieslowski demonstra através dos três protagonistas a anatomia de um crime e os meandros da justiça de um Estado totalitário.
// Sala 2
07/10: 15h

SEM FIM
Direção: Krzysztof Kieslowski | Drama | Polônia | 1985 | 115 min | 10 anos
Sinopse: Polônia, 1982. O país está sob lei marcial e o sindicato Solidariedade foi banido. A tradutora Ulla é tomada pela dor quando seu marido, o advogado Antek, é assassinado. Ainda muito conectada ao companheiro, ela tenta libertar-se através do trabalho, do cuidado com filho, do sexo e até da hipnose.
// Sala 2
07/10: 17h

A DUPLA VIDA DE VERONIQUE
Direção: Krzysztof Kieslowski | Drama | Polônia, França | 1992 | 98 min | 12 anos
Sinopse: Duas mulheres de 20 anos moram muito longe, mas parecem estranhamente estarem conectadas. Weronika é polonesa e sonha em entrar para uma academia de música, e quando ela finalmente consegue a vaga, ela morre na sua primeira apresentação. A partir desse momento, Véronique, que é francesa e mora em Paris, decide largar as aulas de música e acaba por se envolver com um manejador de marionetes. 
// Sala 2
07/10: 19:30h

Cinema do Dragão na plataforma Cinema Virtual 

Exibições diárias – 05 a 11 de outubro

AMIGOS PARA SEMPRE (Storm Boy) – ESTREIA a partir de 08 de outubro
Direção: Shawn Seet | Aventura, Drama | Austrália | 99 min | 12 anos
Sinopse: Michael Kingley (Geoffrey Rush) é um ex-empresário bem-sucedido e agora avô aposentado. Quando começa a ver imagens de seu passado que não consegue explicar, ele é forçado a se lembrar de sua infância esquecida, em que viveu em uma costa isolada com seu pai. Ele conta à neta a história de como, quando menino, resgatou e criou um extraordinário pelicano órfão, chamado Sr. Percival. Baseado em um conto clássico australiano,  Amigos para Sempre é uma história atemporal de  amizade incomum e incondicional.  

A DISTÂNCIA QUE NOS UNE (Alone With Her Dream)
Direção: Paolo Licata | Drama | Itália | 95 min | 12 anos
Sinopse: A história de uma grande mulher contada no silêncio do que não foi dito. Quando seus pais se mudam para a França no fim dos anos 60, Lucia, uma menina de 11 anos, passa a morar com a avó Maria, uma mulher severa e incapaz de expressar seus sentimentos. Vivendo em um cenário socialmente hostil e dominado por homens, é justamente com a avó, que tanto odiava, que Lucia cresce e aprende a viver a própria vida com força, dignidade e otimismo.

TUDO PELA MINHA FILHA – (Losing Lerato)
Direção: Sanele Zulu | Drama | África do Sul | 96 min | 14 anos
Sinopse: Thami é um jovem e bem-sucedido, pai negro, que entra em desespero quando a vida, a lei e a mulher que ele um dia amou acabam o obrigando a se separar de sua própria filha, Lerato. Tentando a todo custo manter um relacionamento com a filha, ele decide raptá-la. Mas Thami acaba sendo perseguido pela polícia e colocando em risco a vida de vários reféns e seu futuro com Lerato.

ANTIGONE (Antigone)
Direção: Sophie Deraspe | Crime, Drama | Canadá | 2019 | 109 min | 14 anos
Sinopse: Assim como a personagem da grande tragédia grega, para honrar um de seus irmãos e ajudar o outro a escapar da prisão, Antígona confronta as autoridades do Estado. Aluna e cidadã modelo, ela se vê cercada por uma lei falha. Rejeitando a lei dos homens por seu próprio senso de justiça, ela enfrentará dificuldades inimagináveis.   

Serviço: Programação do Cinema do Dragão de 05 a 14 de outubro
Salas Físicas: Ingressos a R$ 16 (inteira e R$ 8 (meia) na bilheteria física do Cinema ou no site Ingresso.com (https:/www.ingresso.com/fortaleza/home/cinemas/cinema-do-dragao)
Terça-feira é dia de ingresso promocional: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia)
Cinema Virtual: Ingressos a até R$ 24,90 no site www.cinemavirtual.com.br. O acesso pode ser feito em até 72 horas e compartilhado simultaneamente em até 3 dispositivos. 
Confira a programação completa no site www.dragaodomar.org.br