Clínica de recuperação para dependentes químicos inaugura unidade exclusiva para mulheres

A unidade, localizada no Eusébio, tem capacidade inicial para 15 mulheres e já conta com previsão de expansão

A Casa Despertar, clínica terapêutica para tratamento de dependentes químicos e alcoolistas, disponibiliza à sociedade unidade exclusiva para mulheres. Com 2.000 m², oito quartos, escritório, consultório, enfermaria,  central terapêutica e posto de enfermagem, a instituição inicia os atendimentos com capacidade para 15 pacientes, já com previsão de expansão para até 30 internas.  

Rodrigo Xavier, diretor administrativo da Casa Despertar, reforça a importância do atendimento personalizado em casos de dependência química. “Nesses quase 10 anos de atendimento, vivenciamos melhores resultados quando conseguimos olhar para o dependente químico como um ser único, com necessidades e ganchos motivacionais diferentes, que devem ser trabalhados pelos profissionais de maneira personalizada, com foco em cada caso individual e seus devidos contextos”.

Tauama de Moraes, diretor terapêutico da instituição, analisa as nuances do tratamento feminino. “Percebemos que, por mais que nos esforcemos, não estávamos conseguindo atingir a singularidade necessária ao tratamento da mulher em um ambiente com a presença masculina. Por mais que os quartos fossem separados, o refeitório fosse em outro ambiente e as reuniões distintas, sentiu-se a necessidade de um ambiente próprio, que permitisse que as mulheres se sentissem acolhidas e livres, para que isso também se refletisse nos resultados do tratamento”, finaliza.

“Nesse contexto, a unidade exclusiva feminina foi implantada, com uma equipe composta por profissionais mulheres para atender de maneira única cada família e paciente que nos procurar, com o objetivo de recuperar vidas e esperanças”, conclui, Sandramile de Moura, psicóloga e gerente da unidade.

A Casa Despertar realiza internações voluntárias, para quem tem comprometimento leve; involuntária para casos de pacientes com comprometimento moderado a grave, em situações em que estão colocando em risco sua vida ou de outros; e internação compulsória, por determinação judicial (internação solicitada pela justiça). 

Para mais informações sobre o atendimento, estão disponíveis os seguintes canais de comunicação: (85) 98865-2500, (85) 98171-5776 e casadespertar.com.br