Com apresentações 100% on-line, 11ª edição do Festival Popular de Teatro de Fortaleza ocorre em janeiro

Incentivar o acesso da população às artes cênicas, intensificar as produções teatrais e contribuir com a formação de artistas são finalidades do Festival Popular de Teatro de Fortaleza. Esse ano, devido à pandemia, a 11ª edição do Festival Popular de Teatro de Fortaleza – que acontece entre 20 e 22 de janeiro – será realizado 100% online, por meio do canal do Youtube (ciaprismadeartes) e da Fanpage do Facebook: Festival Popular de Teatro de Fortaleza.

O palco é diferente, é virtual, mas não menos alegre e diversificado – ao todo farão parte dessa edição 15 grupos de teatro cearenses. Eles apresentarão 20 espetáculos no evento, com as mais variadas temáticas, alcançando públicos de todas as idades. O público também poderá contar com oficinas voltadas para as artes cênicas.

“Nosso evento é essencialmente realizado nas ruas, em contato com as pessoas, porém, com a pandemia que assola o mundo, tivemos que readequar todo nosso planejamento para que o evento ocorra de forma 100% remota. As pessoas continuarão tendo acesso

ao teatro gratuito e de qualidade. Além disso, manteremos as oficinas de capacitação também de forma remota. Esperamos que em breve possamos voltar às ruas, em contato com as pessoas, tendo a resposta do público olho no olho”, afirmou Raimundo Moreira, coordenador geral do Festival.

Totalmente gratuito, o projeto é idealizado e realizado pela Companhia Prisma de Artes e é apoiado pela Lei Aldir Blanc, por meio do edital de fomento a Festivais da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará.
Serviço:

11º Festival Popular de Teatro de Fortaleza

Data: 20 a 22 de janeiro de 2021

Canais:

Youtube : ciaprismadeartes

Fanpage do Facebook: Festival Popular de Teatro de Fortaleza

Programação:

Dia 20/01

9h às 12h – OFICINA DE MARIONETE BRICOLADA – Eliania Damasceno e Cristiano Castro

14h – JÃO – UMA HISTÓRIA NA TERRA E NO MAR – Grupo Bricoleiros (CE)

15h – PEQUENO PRÍNCIPE – Cia Teatral Oops – (GO)

16h – MARIA PEREGRINA – Trupe Ventania (MG)

17h – ANATOMIA DAS COISAS ENCALHADAS – Sílvia Moura (CE)

18h – ESTAR EM NÓS – Juliana Tavares (CE)

19h – LIVE DE ABERTURA

19h30 – UM OLHAR SOBRE OS FESTIVAIS DE ARTE – Lançamento do Catálogo Digital

20h – SAUDADE QUE CHAMA – Cia Balacochê (SC)

21h – JEFFE SOFT BAR – Jeffe (Apresentação Musical)

Dia 21/01

9h às 12h – OFICINA DE MARIONETE BRICOLADA – Eliania Damasceno e Cristiano Castro

10h – ALTERNATIVAS PARA SUSTENTABILIDADE DO TEATRO EM TEMPOS DE PANDEMIA -Troca de Experiências

14h – BRINCANTE-INPROCESSO – Edivaldo Batista (CE)

15h – BRUXINHA VERDE E SR. SATURMIMO EM: ADMIRÁVEL MEIO AMBIENTE NOVO – Coletivo Terceiro Ato (CE)

16h – E A LIVE ERA NOSSA? – Grupo K’os Coletivo (CE)

17h – O TERREIRO DE CATIRINA – Coletivo Tempo Temporão (CE)

18h – A TRUPE DO CARRAPICHO – Aquarela Entretenimento (CE)

19h – O ANO QUE NÃO ACABOU – Expressões Humanas (CE)

20h – O FANTÁSTICO CIRCO DO ARTISTA DA FOME – Cangaias Coletivo Teatral (CE)

21h – A GALINHA DO PAPO DE PÉROLAS – Comedores de Abacaxi (CE)

Dia 22/01:

8h às 12h – OFICINA DE MARIONETE BRICOLADA – Eliania Damasceno e Cristiano Castro

  • CORPO E SONORIDADE: PRÁTICAS PARA A CENA TEATRAL – Juliana Tavares e Ayrton Pessoa

10h – MARÍTIMAS: NARRATIVA 1: MINHA JANGADA CHAMA PELO NOME – Grupo Ânima (CE)

14h – A PEQUENA GRANDE HISTÓRIA DE HANABI E BONJONGO – Inquieta Cia (CE)

15h – EM ANÁLISE – Magnólia Cultural (SP/Fort)

16h – PAS DES TEMPS – Epidemia de Bonecos (CE)

17h – CARNE PRETA, PELE RARA – Incidente Coletivo (CE)

18h – DESPEJADAS – Nóis de Teatro (CE)

19h – ONDE VOCÊ ESTAVA QUANDO EU ACORDEI? – Grupo Avessa Grupa (SE/SP)

20h – LIVE DE ENCERRAMENTO

20h30 – UM SÃO SEBASTIÃO FLECHADO – Paula Yemanjá e Zeis (CE)

21h30 – NOS PALCOS DO NORDESTE – Dani Campello (Apresentação Musical)