Crianças internadas no Hospital Regional Unimed participam de projeto especial de educação alimentar nesta quarta-feira (20)

Sabemos que uma alimentação saudável tem papel fundamental no nosso bem-estar, além de contribuir para a prevenção de diversas doenças. Contudo, para a maioria das pessoas, ter uma rotina alimentar equilibrada não é fácil. Mas, se esse hábito começar já nos primeiros anos de vida, a chance de a pessoa crescer comendo bem é muito maior. Sabendo disso, a equipe de Nutrição e Dietética do Hospital Regional Unimed (HRU), promove, a cada quinze dias, uma ação diferente para as crianças internadas na unidade com o objetivo de incentivar o consumo de alimentos saudáveis. Os encontros acontecem no hall do 4º andar do hospital. O próximo encontro será nesta quarta-feira (20).

Realizado em parceria com a Psicologia Hospitalar e a Sodexo, o projeto, que iniciou em agosto, nasceu da percepção de que é ainda mais difícil manter uma rotina alimentar equilibrada com a internação hospitalar. “Observamos que os hábitos alimentares das crianças declinam durante a internação devido ao desconforto causado pelos medicamentos e procedimentos. Com o projeto, atuamos na prevenção de doenças com iniciativas simples de educação nutricional”, conta a coordenadora do serviço de Nutrição do HRU, Roberta Galvão. A iniciativa tem sido um sucesso, pois promove a alimentação saudável de forma lúdica, por meio de muitas brincadeiras e atividades de interação.

A cada encontro é preparado um cenário interativo para as crianças e as frutinhas são cortadas de formas diferentes, enfeitadas e bem coloridas para chamar a atenção dos pequenos pacientes. Dentre as ações realizadas, as crianças foram estimuladas a descobrir as frutinhas que estavam comendo de olhos vendados e já participaram do “desfile dos alimentos”, atividade em que elas eram convidadas a escolher um dos alimentos saudáveis ou não-saudáveis disponíveis na bancada para desfilar com eles enquanto uma nutricionista narrava os benefícios e malefícios de cada um.

Ester Ferreira, uma das crianças internadas no Hospital que participou da última atividade, aprovou a iniciativa. “Gostei muito de participar e agradeço por todas as brincadeiras que fizeram aqui, porque eu tive a oportunidade de conhecer mais frutas e saber como elas me fazem bem. Também aprendi que não devemos tomar refrigerante e comer ‘xilitos’ demais porque podem nos fazer muito mal”, disse.