DFB Digifest encerra temporada do LIVE MODA com desfiles de Marina Bitu, Theresa Montenegro e da marca Baba

O evento virtual divulgou ainda os vencedores do Concurso dos Novos, MoveModa e Prêmio DFB Digital 

O DFB Digifest 2020, edição virtual do maior encontro da moda autoral da América Latina, realizou na última sexta-feira (31) o último dia de transmissão do DFB Live Moda, desfiles promovidos de forma 100% online. O evento virtual aconteceu no canal do Youtube e contou com os desfiles das estilistas Marina Bitu, Theresa Montenegro e da marca Baba. 

O DFB divulgou ainda a os vencedores do Concurso dos Novos, MoveModa e Prêmio DFB Digital. Toda a programação do evento está disponível no endereço: https://www.youtube.com/channel/UCMZ_Dd0g5nLdVgAND_8j5Yw

A ação tem o objetivo de promover a moda autoral, renovando e incentivando o trabalho e a autoestima de criadores e marcas parceiras neste momento de impactos da pandemia. Iniciando a transmissão, Marina Bitu se inspirou no resgate das raízes e na relação afetiva com o Nordeste. A partir de memórias da infância, a designer relembra em sua coleção viagens à cidade da família, no interior do Ceará, marcadas por paisagens e experiências no caminho. O plissado, elemento de estilo característico da marca, é apresentado em novas modelagens e cores. Os vestidos, em comprimentos midi e longo, são as maiores apostas da designer.

A coleção Fashion West, da estilista Theresa Montenegro, é uma ressignificação do Faroeste, que remete às raízes do Sertão Nordestino, que através de seu povo perseverante, sempre há forças para o recomeço. A trilha sonora escolhida para o desfile remeteu a uma (justa) homenagem ao grande Ennio Morricone, mestre da música cinematográfica e precursor do Faroeste. Finalizando os desfiles do DFB Live Moda, Baba resgatou em seu desfile ícones do passado e da memória afetiva dos cearenses, A nova coleção do estilista olha para a frente e procura desenhar cenários possíveis de uma Fortaleza futurista, imaginando o Centro da Cidade como palco de uma ficção científica.

O line up do Live Moda conta ainda com outros grandes nomes que já estavam confirmados na edição física e que são consagrados estilistas e marcas do trade da moda autoral: Bruno Olly, Ivanildo Nunes, Lindebergue Fernandes, Coletivo: (Bruno Queiroz  / Gisela Franck / Bikiny Society), Vitor Cunha, Almerinda Maria, Rendá por Camila Arraes; Ronaldo Silvestre; Kalil Nepomuceno. 

As gravações dos desfiles aconteceram nos dias 18 e 19 de julho, na F3 Produções, cumprindo todos os protocolos de segurança para o casting de modelos e as equipes de produção, beleza e técnica. O DFB DigiFest tem como objetivo principal transportar o clima de criatividade e inovação do DFB Festival para o universo das redes sociais. A iniciativa conta com o patrocínio do Sebrae/CE e o apoio da graduação em Design Moda da Unifor.

Link dos vídeos: https://we.tl/t-0LK3JRUb5Q

https://we.tl/t-ha4WJIBfWx

O público conferiu ainda os vencedores dos projetos Concurso dos Novos, MoveModa e Prêmio DFB Digital. Confira os premiados:

Premiados Move Moda:

– Categoria “Feito em Casa” – prêmio: R$ 2.000 + Troféu DFB Festival:

Don’f forget”, de Bruno Sotti e Heloisa Martire, Apucarana/PR.

– Na categoria “Inovação em Linguagem” – prêmio: R$ 2.500 + Troféu DFB Festival: “Conferência”, de Fernando Carvalho, São Paulo/SP.

– Categoria “Pensamento Crítico”, – prêmio: R$ 2.500 + Troféu DFB Festival:

valendo R$ 2.500 e o troféu DFB Festival, o prêmio vai para o curta: “Erro 404”, de Iury Ponte, Fortaleza/CE.

– Categoria: “Fashion Film Independente do Ano”, – prêmio: R$ 3.000 + Troféu DFB Festival: “Noa, você está sozinha?”, de Lucas Ervedosa e Gabriel Goersh, Fortaleza/CE.

Prêmio DFB Digital:

– Categoria “Engajamento Social” – premia o perfil do Instagram que, além de promover seu negócio, trata de questões que vão além do mercado, abraçando temáticas como empoderamento, oportunidade e visibilidade. 

–  Categoria “Engajamento Social”, + R$ 5.000 foi o perfil da Voir Image – instagram.com/voirimage

– Categoria “Negócio Sustentável” – premia microempreendedores que promovem a sustentabilidade e o consumo consciente. 

Quem ganhou o Prêmio DFB Digital na categoria “Negócio Sustentável”, + R$ 5.000, foi o Brechó Gato 80 – instagram.com/gato80s

– Categoria “Feed Criativo” – premia os perfis que utilizam as redes sociais como linguagem para se comunicar e vender de maneira diferenciada. E quem ganhou o Prêmio DFB Digital na categoria “Feed Criativo” + R$ 5.000, foi o perfil da marca Baba – instagram.com/insta.da.baba

Além dos microempreendedores, o Prêmio DFB Digital apresentou três nomes indicados pelos sindicatos que compõem a indústria da moda no Ceará e que serão agraciados com o Troféu DFB Digital.

O Sindicato das Confecções nomeou a empresa Linhas & Cores.

O SindiRoupas nomeou a empresa Freeboard.

O Sinditêxtil ainda não nomeou uma empresa para receber o Troféu.

Concurso dos Novos: 

1º lugar: Unifor, Fortaleza/CE (Troféu DFB + R$ 10.000,00)

2º lugar: Instituto Federal do Rio Grande do Norte – Campus Caicó/RN  (Troféu DFB)

3º lugar Senai Cetiqt – Rio de Janeiro/RJ  (Troféu DFB)

Ações sociais

O evento está doando, junto com a Enel, 200 mil máscaras de longa proteção a domicílios em áreas de vulnerabilidade social da Região Metropolitana de Fortaleza. Outra ação, o projeto Marmita Chic reúne, até 31/07, oito restaurantes da nossa culinária autoral para criar pratos comercializados com preços promocionais e parceria com o aplicativo de delivery James, a Coca-Cola, a Granja Regina e a Mallory.

O DFB Digifest realizou ainda o Pitstop Contra a Covid-19, que realizou no mês de julho 1.000 exames grátis para a população, em uma espécie de drive-thru instalado no calçadão da Praia de Iracema, em frente ao Hotel Sonata. Com cadastramento e agendamento do horário dos testes realizado somente no dfhouse.com.br, a iniciativa é uma correalização DFB DigiFest/Enel, realização da Cooperativa de Atendimento Pré e Hospitalar (Coaph Saúde), com patrocínio da Qair, apoio institucional da Prefeitura de Fortaleza, e do Instituto Iracema, apoio do Senai, Sistema Fiec e Laboratório Régis Jucá, englobando os sindicatos têxteis do Estado: SindRoupas, SindConfecções e Sinditêxtil.


O maior encontro da moda autoral da América Latina

O DFB Festival foi criado, em 1999, para possibilitar o diálogo entre as camadas que compõem o trade da moda no Ceará, facilitando o acesso e a visibilidade tanto para profissionais e marcas estabelecidas no mercado, quanto para novos e promissores talentos. Com o avanço das edições, o Evento abraçou fortemente ações de formação, economia criativa e inovação.

Na edição 2019, o DFB Festival instalou uma estrutura de 27.000m2 nas areias do Aterro da Praia de Iracema, por onde passaram 36 desfiles, 20 shows, quatro balés, feira de design com 60 expositores, 12 palestras e workshops, além de uma mostra gastronômica reunindo 21 bares e restaurantes.

Celebrando a inclusão de Fortaleza no ranking de Cidades Criativas: Design, outorgado pela Unesco, o DFB Festival 2019 gerou 3.655 postos de trabalho, diretos e indiretos, além da participação voluntária de 132 alunos de 11 instituições de ensino dos estados do Ceará e Rio Grande do Norte, representando as graduações de Design de Moda, Hotelaria, Produção de Eventos e Publicidade & Propaganda.

SERVIÇO

DFB DigiFest 2020

Festival Online de Moda, Cultura e Empreendedorismo

1º de Junho a 31 de Julho de 2020

Programação online em www.dfbfestival.com.br

Novidades e atualizações nas redes sociais: @dfbfestival

Informações Imprensa: Capuchino Press | @capuchinopress