Dia da Mulher é celebrado com debate e ações de reconhecimento pelo Grupo Aço Cearense

O Dia Internacional da Mulher é um momento de conscientização e reflexão sobre a luta das mulheres por igualdade. O Grupo Aço Cearense compreende que é fundamental abordar o respeito e o reconhecimento às causas femininas. Neste sentido, em comemoração à data, celebrado no dia 8 de março, o Grupo preparou ações voltadas para suas colaboradoras, como uma forma de trazer, para dentro do ambiente de trabalho, discussões importantes sobre gênero e protagonismo feminino.

Desde o início do mês, todos os colaboradores terão a oportunidade de exaltar e reconhecer os talentos das mulheres que fazem parte do dia a dia do Grupo Aço Cearense. A Campanha “Somos Gratos, Mulheres” vai levar mensagens de apoio e carinho dos colegas de trabalho em reconhecimento às mulheres que atuam nas empresas do Grupo, por meio da intranet.

No dia 8 de março, Milena Monteiro, Liderança Nacional da área Socioassistencial do Projeto Justiceiras, será convidada para um encontro virtual com os colaboradores das empresas do Grupo. O encontro será mediado por uma representante do setor de Recursos Humanos e terá como tema “A violência contra a mulher”, como uma forma de sensibilizar o público sobre uma temática tão importante. O projeto Justiceiras foi idealizado em meio à preocupação com o aumento dos casos de violência doméstica durante o isolamento social.

Segundo Cinthia Cavalcanti, diretora de desenvolvimento organizacional e TI do Grupo Aço Cearense, ações como estas podem contribuir com a reflexão do tema. “Queremos que nossas colaboradoras tenham acesso à informação e que sintam-se acolhidas pela empresa. É essencial que elas saibam como procurar ajuda em casos de violência e que entendam que essa violência pode ser física, psicológica, moral e até patrimonial. Nosso objetivo é incentivá-las a se informar melhor e compreender seus direitos, por isso reforçamos a necessidade de manter debates sobre violência doméstica, protagonismo feminino, entre outros temas que auxiliam a termos uma sociedade melhor e mais justa entre os gêneros”, destaca.