Em tempos de pandemia, startups de educação são soluções inovadoras para fortalecimento do ensino

Com a quarentena, as aulas online tornaram-se parte da rotina de muitos brasileiros.  A popularização do ensino à distância também foi favorável para a valorização das chamadas startups edtechs, que são empresas que utilizam a tecnologia para criar soluções inovadoras para a educação. Conforme o mapeamento realizado pela Associação Brasileira de Startups, atualmente o Brasil possui cerca de 449 edtechs. 

Projetos como o Programa Corredores Digitais, iniciativa do Governo do Ceará por meio da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece), acolhem e fornecem incentivos para o fortalecimento dessas e outras startups de diferentes segmentos.  Wesley Lucena, agente de Desenvolvimento do programa, relata que durante as edições do Corredores Digitais já foi possível apoiar soluções cearenses inovadoras para a área da educação. “Estas iniciativas vão desde plataformas de aulas gratuitas até games para o desenvolvimento da aprendizagem sobre gestão. É o caso das startups Logistics Game e Irados Games”, afirma. 

Para Wesley Lucena, as perspectivas de mercado  para esse segmento são promissoras. “Já existe grande concorrência para as startups de educação, mas o mercado mostra-se amplo e promissor, sobretudo após a grande adesão do ensino à distância. E as possibilidades de criar novas soluções são bem grandes, já que todos querem aprender sobre algo, seja educação básica, técnica, superior ou até mesmo no meio corporativo” , complementa.

Conheça as startups edtechs cearenses que participaram do Corredores Digitais:

A Logistics Game é uma iniciativa para ser aplicada em empresas ou  instituições de ensino para profissionais em processo de graduação e pós-graduação em gestão. O jogo baseia-se na criação de empresas virtuais que concorrem entre si buscando suprir uma demanda de mercado. O grande desafio é gerenciar a empresa e seus departamentos, de forma a torná-la competitiva e lucrativa.

Já a Irados Game desenvolve jogos educacionais para facilitar o aprendizado de crianças e adolescentes do ensino fundamental e médio. “Numbers on the Table” foi um dos jogos criados para facilitar o entendimento da tabuada.