Festival QXAS abre inscrições para workshops

Em sua 3ª edição, Festival de Fotografia do Sertão Central traz ampla programação on-line

Os amantes da fotografia e das artes visuais já podem comemorar: a terceira edição do Festival de Fotografia do Sertão Central – QXAS está confirmada e, este ano, toda a programação será realizada on-line, entre os dias 11 e 14 de agosto. Conectando participantes de todo o Brasil, a programação do QXAS On-Line 2020 irá manter a proposta formativa e de difusão da fotografia brasileira que está no DNA do Festival desde o seu lançamento. Serão quatro workshops, com vagas limitadas e inscrições realizadas pela plataforma www.sympla.com.br, no valor de R$ 50.

Os workshops abordarão os seguintes temas: Percepção e a Fala das Imagens, com Pablo Pinheiro; Narrativas Possíveis: Uma Reflexão Sobre Fotografia Digital, com Rafael da Luz; Pandemia: Maneiras de Fotografar Sem Sair de Casa, com Fernando Banzi; Produção de Notícias Para Veiculação em Redes Sociais, com Gustavo Costa. As vagas são limitadas, para garantir a qualidade do aprendizado e das trocas entre os participantes.

O sertão é dentro da gente

Com curadoria de Iana Soares e Rosely Nakagawa, a edição deste ano abordará o tema “Sertão em Mim” por meio de palestras, workshops, rodas de conversa e leituras de portfólios, dentre outras atividades que evocam reflexões e expressões dos sertões que cada um traz dentro de si. As atividades oferecidas, com exceção dos workshops, serão gratuitas e de livre acesso do público.

“O QXAS surgiu com a proposta de descentralizar as ações culturais da capital, capilarizando o acesso aos saberes e à arte a partir do Sertão Central, mais especificamente Quixeramobim e Quixadá. Este ano, por causa da pandemia, as atividades serão realizadas on-line, mantendo o foco no intercâmbio entre a fotografia cearense e produção contemporânea, fomentando a produção cultural e democratizando o acesso à cultura e à arte”, explica Glicia Gadelha, uma das idealizadoras do Festival.

Em breve, a programação completa do QXAS On-Line 2020 será divulgada, bem como a convocatória para artistas visuais que desejam expor seus trabalhos. O Festival de Fotografia do Sertão Central – QXAS é uma realização da AnimaCult e do iFoto, com apoio da Verve Comunicação, Sistema Maior de Comunicação, Rede de Produtores Culturais de Fotografia do Brasil, Casa de Saberes Cego Aderaldo, Instituto Dragão do Mar e Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria da Cultura.

Sobre QXAS Festival

QXAS é um festival de formação e difusão da fotografia brasileira, realizado nas cidades de Quixeramobim e Quixadá, no Ceará, com uma programação diversificada de formação, exposições, encontros, projeções, vivências, leituras de portfólios, intervenções urbanas e muitas trocas. Tem o objetivo de promover o intercâmbio entre a fotografia cearense e a produção contemporânea brasileira nos campos da expressão e do conhecimento e fomentar a produção cultural e artística, contribuindo para a democratização do acesso à cultura e a difusão da fotografia brasileira. O Festival tem como tema em 2020 “Sertão em Mim”.

Serviço:

QXAS On-Line 2020 – WORKSHOPS

Data: De 11 a 14/08

Inscrições: www.sympla.com.br

Valor: R$ 50

Percepção e a Fala das Imagens, com Pablo Pinheiro

Dias 11 e 12 de agosto, das 10h às 12h – 20 vagas

Workshop voltado para quem se interessa em aprender ou relembrar a fotografia como fala, memórias e afetos. Serão dinâmicas para conhecer o que é uma leitura da imagem, criação de interligações entre imagens, construção de discurso visual entre suportes e uma reflexão sobre quando o sentir faz sentido.

PABLO PINHEIRO – Fotógrafo, produtor cultural, educador, editor e colaborador em publicações voltadas ao campo das artes visuais, Pablo é responsável pela Editora e Produtora Deu na Telha e pelo Círculo da Imagem. Possui trabalhos premiados nacionalmente e já foi representante regional na Rede de Produtores Culturais da Fotografia no Brasil e no Colegiado Setorial das Artes Visuais Nacional.

Narrativas Possíveis: Uma Reflexão Sobre Fotografia Digital, com Rafael da Luz

Dias 12 e 13 de agosto, das 15h às 17h – 20 vagas

Objetiva iniciar os participantes na linguagem da fotografia digital e na construção de zines. Durante as atividades, será possível visualizar a evolução do processo fotográfico, da técnica científica à expressão artística, abordando as mudanças causadas pela tecnologia que alteraram o modo de fotografar e a representatividade da imagem.

RAFAEL DA LUZ – Negro, pedagogo e fotógrafo, Rafael conheceu a fotografia analógica quando criança, mas entrou de vez na linguagem através de oficinas artísticas do Curro Velho, para pessoas da Região Metropolitana de Belém. A partir da sua realidade periférica, e convivendo com pessoas invisibilizadas ou silenciadas, vem produzindo ensaios e narrativas fotográficas sobre essas realidades, com os quais já participou de exposições no Brasil e no exterior.

Pandemia: Maneiras de Fotografar Sem Sair de Casa, com Fernando Banzi

Dias 12 e 14 de agosto, das 10h às 12h – 25 vagas

Com a pandemia, como é possível pensar no ato fotográfico? Abrir as janelas é preciso, ao mesmo tempo em que se olhar é necessário. O workshop vem como um respiro para poder pensar e colocar em prática o fazer fotográfico, abordando técnicas mais democráticas que utilizam o celular e outros dispositivos em um exercício coletivo de repensar a fotografia em tempos de isolamento.

FERNANDO BANZI – Jornalista, pós-graduado em fotografia e fotógrafo freelancer, Fernando é integrante da Goma Oficina Plataforma Colaborativa, onde desenvolve projetos autorais e comerciais. Também é professor de fotografia no Senac São Miguel Paulista (SP). Entre as participações mais recentes em projetos e festivais, podemos citar o Programa Nova Fotografia do MIS em SP, Festival PHotoEspaña, em Madri, Festival Internacional da Imagem Valongo (SP) e Solar Foto Festival (CE).

Produção de Notícias Para Veiculação em Redes Sociais, com Gustavo Costa

Dias 13 e 14 de agosto, das 15h às 17h – 25 vagas

Seguindo os princípios da Comunicação Popular para gerar autonomia e empoderamento na construção de narrativas diversas, o workshop tem como objetivo trabalhar a fotografia e a escrita de textos dentro da linguagem jornalística, para que sejam veiculados nas redes sociais.

GUSTAVO COSTA – Fotógrafo e estudante de Geografia da UECE, Gustavo já trabalhou com processos de formação em fotografia, participou de festivais e exposições e, junto com o Coletivo Zóio, realizou oficinas de fotografia e comunicação popular nas periferias de Fortaleza. Participou também da produção do documentário ONZE – a maior chacina do Ceará, junto com os Coletivos Nigéria e Voz e Vez das Comunidades.

Mais informações:

qxasfestival@gmail.com | 85 99691.8458

Relacionamento com a Imprensa:

Helena Félix – pontualcomunicacao@gmail.com | 85 99993.4920

Isabelle Vieira – vieira.aisabelle@gmail.com | 85 98871.4139

Isabelle Vieira
(85) 98871.4139
vieira.aisabelle@gmail.com