High Tech: a geração de pessoas que têm tudo nas mãos, basta um click

De acordo com especialistas, em meio a uma vida cada vez mais conectada, fica difícil se inserir no meio social estando fora do ambiente online

Imagine passar apenas um dia sem usar um celular. Agora imagina como seria se conectar com um familiar que mora em outro país sem poder acessar recursos tecnológicos. É possível acordar cedo para um compromisso sem precisar de um despertador? Neste mundo imaginário, plataformas de filmes e séries não existem mais, nem aplicativos que entregam o almoço pronto para ser degustado. Para muitas pessoas, viver desta maneira pode ser desesperador. 

Basta olhar para o lado para ver o quanto as pessoas estão o tempo inteiro conectadas a um dispositivo com internet, seja trabalhando ou por mero entretenimento. O uso de elevador, micro-ondas ou uma simples cafeteira facilita e muito o dia a dia graças à tecnologia. Provavelmente, não seja possível lembrar como era a vida antes dela. Quem consegue ficar sem fazer, pelo menos, uma busca básica no Google? Como viver sem os aplicativos de mensagem? O fato é que o tempo passa e a necessidade de acompanhar os avanços tecnológicos aumenta à medida em que surgem ferramentas ou aparelhos com uma novidade revolucionária.

“À medida que novas tecnologias entram em uso, as pessoas ficam cada vez mais convencidas de que precisam dela. Hoje, tudo é mais fácil. Além disso, existe a questão da inserção no meio social. É importante atentar para a necessidade que as pessoas têm de ser aceitas no meio em que convivem e se elas não têm o celular mais moderno, por exemplo, pode fazer com que se sintam isolados”, é o que afirma a psicóloga, Rachel Sales.

Tecnologia x Negócios

Se viver sem tecnologia é difícil para um cidadão comum, para uma empresa pode ser bem mais, seja ela pequena, média ou grande. “O investimento em tecnologia nas instituições empresariais está diretamente ligado ao aumento de produtividade. Artefatos tecnológicos facilitam e agilizam processos que podem ser traduzidos em benefícios, qualidade, segurança e até redução de custos”, é o que afirma Rodrigo Coifman, agente de confiança do Google no Ceará e sócio da Adicione seu Negócio. 

Com a alta competitividade do mercado, ampliam-se os motivos para que empresários e novos empreendedores abram a mente para a implantação de recursos tecnológicos mais avançados e, de acordo com o especialista, “o uso da tecnologia é determinante para o sucesso dos negócios”.

Novas empresas também precisam de tecnologia

Além disso, a tecnologia pode ser a válvula de escape para quem sente a necessidade em empreender. De acordo com o último levantamento do Indicador Serasa Experian de Nascimento de Empresas, de janeiro a junho de 2018 foram abertas 1.262.935 mi de empresas em todo o Brasil, um aumento de mais de 10% em relação ao mesmo período de 2017, número que reflete na quantidade de brasileiros que recorreram ao uso da tecnologia para empreender porque sentiu necessidade, em meio à falta de oportunidade no mercado formal.

Para Rodrigo, para ter sucesso em seus novos negócios, esse público precisa conhecer ferramentas disponíveis na internet. “Há milhares de oportunidades na internet, principalmente no Google, como, por exemplo, o Google Meu Negócio, que auxilia o empreendedor a ter uma interação direta com os clientes por meio de mensagens. Isso permite fidelização, maior visualização e alcance de novos clientes para o empreendimento”, completa. 

“O empreendedor não pode enxergar a tecnologia como um processo dispendioso. O retorno que se tem em economia de tempo e aumento de produtividade com a utilização dos recursos justifica o investimento”, finaliza Rodrigo.