Instituição no Sertão Central oferta oficinas de arte e cultura com bolsa-auxílio para crianças e jovens

O projeto atende 100 crianças e jovens, em situação de vulnerabilidade social, oferecendo auxílio financeiro e acompanhamento multidisciplinar às famílias

A Fundação Cultural Santa Terezinha, localizada em Senador Pompeu, interior do Sertão Central cearense, atua há 15 anos com arte e cultura na região. Onde mantém atividades culturais com crianças e jovens, por meio do Ponto de Cultura Estação das Artes.

Este ano, a Instituição, foi contemplada pela Lei Aldir Blanc, com o projeto “Estação da Cultura”, projeto de manutenção das atividades que já realiza. O projeto funciona na sede da Fundação, localizada nas instalações da antiga Estação Ferroviária de Senador Pompeu, por isso leva esse nome.

O projeto atende 100 crianças e jovens, em situação de vulnerabilidade social, e oferece uma bolsa-auxílio  para cada aluno, visto o contexto emergencial da pandemia de COVID-19, que precisa frequentar regularmente a escola. E ainda, a Fundação Santa Terezinha disponibiliza de equipe multidisciplinar que faz o acompanhamento familiar de cada criança e jovem.

A ideia é estimular a prática de atividades culturais que desenvolvam habilidades sociais, físicas e psicológicas, e ainda incentivem o desenvolvimento cultural para a cidade de Senador Pompeu e região.

As aulas abrangem diversas linguagens artísticas: Danças Folclóricas, Capoeira, Percussão, Cordas e Contação de Histórias. Ocorrem no contra-turno da escola para que não atrapalhem o desempenho escolar das crianças e jovens, visto que frequentar às aulas é critério essencial para estar no projeto. As atividades são ministradas por professores de Senador Pompeu e região, valorizando também os profissionais locais.

Para acompanhar o trabalho da Fundação Santa Terezinha e todas as atividades desenvolvidas, acesse as redes sociais.

Instagram: @santaterzinhafundacao

facebook.com/FundacaoSantaTerezinha