Instituto Aço Cearense completa 11 anos com mais de 81 mil pessoas beneficiadas ao longo de sua história

O Instituto Aço Cearense contribui para o desenvolvimento social das comunidades do Ceará, do Pará e do Tocantins, onde estão localizadas a Aço Cearense Comercial, Aço Cearense Industrial, SINOBRAS e a SINOBRAS FLORESTAL, empresas do Grupo, por meio de apoio a iniciativas de instituições sociais, fortalecendo o engajamento das pessoas em ações que contribuem com o crescimento delas e das comunidades onde vivem.  

Com mais de R$14 milhões investidos nestas ações, 174 instituições já foram atendidas, totalizando mais de 81 mil pessoas favorecidas. Entre os projetos apoiados estão os de assistência a crianças e jovens em situação de vulnerabilidade social, associações para pessoas com deficiência e entidades que cuidam de idosos e também para pessoas com diabetes e hipertensão, além de atletas cearenses que recebem patrocínio do Instituto por se destacarem na cena esportiva local e nacional.  

Segundo Rosemeire Matos, presidente do Instituto, chegar aos 11 anos de trabalho junto às comunidades é a compensação de um trabalho sonhado a partir de muitos corações. “Nosso esforço se materializa em sorrisos sempre que conseguimos realizar uma ação a partir do Instituto Aço Cearense. Temos muito orgulho da nossa trajetória que movimenta o terceiro setor, não só no quesito econômico, mas dando condições de maior qualidade de vida a inúmeras pessoas que precisam”, explica a presidente.

Onze anos de história

Em 2010, o Instituto Aço Cearense começou como um serviço assistencialista, fazendo ações internas para os colaboradores. Depois a iniciativa foi transformada no Instituto WMA, que com a necessidade de fortalecer mais a marca, passou a ser chamado de Instituto Aço Cearense. Hoje, atende diversas instituições carentes, além de desenvolver as comunidades do entorno das empresas do Grupo fomentando o esporte, a educação, as artes e o empreendedorismo.

Ações durante a pandemia de Covid-19

Em 2020, o Instituto Aço Cearense completava dez anos quando foi surpreendido em meio às suas comemorações pela pandemia de Covid-19. Muitas atividades foram suspensas e tantas outras adaptadas ao novo momento que o mundo enfrenta ainda hoje. Mas, com a força e a perseverança dos que fazem essa engrenagem se mover, muitas ações puderam ser realizadas para minimizar o impacto da pandemia na vida de muitas pessoas em situação de vulnerabilidade.

Como forma de mitigar os efeitos da pandemia, foram doadas cestas básicas para famílias carentes e trabalhadores afetados diretamente pela pandemia, como músicos e profissionais de eventos. Também kits de higiene, contendo shampoo, água sanitária, sabonete, pasta de dente, desinfetante, detergente e sabão em pó, distribuídos para comunidades no Pará e no Ceará, além de mil máscaras para famílias no Ceará. O instituto também realizou, por meio da SINOBRAS, a cessão de dez cilindros de oxigênio para a Secretaria de Saúde de Marabá, com o objetivo de ajudar na recuperação das pessoas infectadas.