Instituto Nordeste Cidadania (Inec) disponibiliza atividades em formato remoto

Aulas do Prosseguir acontecem virtualmente. Festivais Online de Arte, Cultura, Ecologia e Sustentabilidade serão transmitidos online

Aulas, cursos e projetos online ganharam mais espaço diante da pandemia da covid-19. Sem poder realizar encontros presenciais, algumas instituições precisaram se reinventar e adaptar suas atividades à modalidade à distância. Em maio, o Instituto Nordeste Cidadania (Inec) realizou uma pesquisa entre os beneficiários dos seus projetos socioambientais para o levantamento de informações sobre acesso e uso de dispositivos eletrônicos e internet, bem como o interesse em participar de atividades online. Após o retorno positivo, desde o início de junho, o Inec passou a adotar encontros virtuais nos projetos e prevê um cronograma para que todas as atividades sejam realizadas de forma remota.

Com isso, o Instituto iniciou encontros virtuais com as lideranças de cada município assistido, para organização e articulação comunitária, bem como sessões online de Terapia Comunitária, lives sobre técnicas de redução da ansiedade e oficinas online de Permacultura (cultivo de ervas e cuidado com a saúde). No Projeto Jovens Comunicadores, as atividades contemplam assessoria pedagógica online para o desenvolvimento de projetos comunicacionais pelos coletivos atendidos pelo Inec, além do concurso de vídeo e foto “Olhares sobre a Pandemia”.

As atividades do LABInec também acontecerão remotamente. Serão entregues aos alunos de Fortaleza kits contendo vídeo, folder impresso explicativo e material para montar projetos de Robótica. Os alunos de Itapiúna (CE) passarão a ter aulas virtuais de Eletrônica e Robótica, duas vezes por mês. Para os dois territórios estão previstas premiações mensais para os alunos de destaque, considerando criatividade, participação, estética e funcionalidade dos projetos criados.

As ações culturais serão realizadas com os grupos produtivos assistidos pelo Inec por meio de uma assessoria online em Empreendedorismo. Para os 20 Espaços de Leitura o Inec disponibilizará lives e vídeos online direcionados aos facilitadores dos espaços e às 1.855 crianças do projeto, bem como distribuirá kits pedagógicos para as crianças realizarem atividades em casa, com as famílias. Outra novidade é que, entre os meses de setembro e novembro desse ano, o Inec realizará festivais de Arte, Cultura, Ecologia e Sustentabilidade, sempre de sexta a domingo, com veiculação pelas redes sociais do Instituto.

“Durante este período delicado pelo qual passamos, precisamos nos adaptar e nos reinventar. Acreditamos que dar continuidade às nossas atividades de forma online é uma forma de estarmos mais próximos de nossos beneficiários e alunos. Os festivais online enriquecerão ainda mais o conteúdo ofertado às pessoas atendidas pelo Inec”, afirma a diretora Administrativa Socioambiental, Helda Pereira.

Cursinhos pré-vestibulares

Os alunos das turmas do cursinho pré-vestibular Prosseguir das cidades de Maracanaú, Itapiúna, Jaguaretama, Solonópole, Milagres e Meruoca, no Ceará, poderão assistir às aulas online de conteúdos programáticos de vestibulares e concursos e participar de assessorias para orientação profissional e construção de projeto de vida. As aulas estão sendo realizadas de segunda a sexta-feira, com duração de duas horas diárias, utilizando a ferramenta Google Meet. José Leones, de 17 anos, aluno do Prosseguir da cidade de Solonópole, diz que estudar nunca foi algo fácil. “Estudar exige concentração e foco e o Projeto Prosseguir veio justamente atender às minhas necessidades. Ele é o ‘algo a mais’ que eu buscava, já que eu tenho a oportunidade de parar durante certo momento do meu dia e estudar. Mesmo as aulas sendo remotas, professor e aluno têm uma grande liberdade para interagir sobre o conteúdo, através do chat e das videoconferências feitas pelo Inec. Fico bastante feliz em assistir às aulas e espero colaborar ao máximo para que os nossos objetivos em comum sejam alcançados e que eu chegue confiante e preparado para o vestibular”, disse Leones.

É fato que a pandemia afetou a rotina de muitos estudantes e não foi diferente para a estudante de 17 anos Bianca Silva, do Prosseguir de Solonópole. “Acredito que esteja sendo bem mais difícil para nós, estudantes, que estamos na luta em busca do sonho de ser aprovado em uma instituição de ensino superior. A experiência está sendo bem desafiadora. Mas, por mais complicado que esteja sendo esse período, pois tudo isso tem impactado diretamente com a nossa saúde mental, tento continuar com o mesmo ritmo de estudos, imaginando estar cursando meu grande sonho na faculdade. Os professores têm mandado semanalmente as atividades e links de aulas com os assuntos para a gente assistir no YouTube. É preciso que cada um faça a sua parte e o aluno precisa ter disciplina e maturidade para buscar novas vertentes de aprendizado. Quando apareceu a oportunidade de fazer parte do cursinho Prosseguir não pensei duas vezes, e foi a melhor escolha que fiz para fazer diferença no meu aprendizado. As aulas remotas estão sendo bastante produtivas e sou extremamente grata e feliz por fazer parte desse projeto incrível”, conta Bianca.

Aos 17 anos, a aluna Vitória Maria, do Prosseguir de Maracanaú, cita o economista britânico Arthur Lewis para falar da importância dos estudos em todos os momentos: Educação nunca foi despesa. Sempre foi investimento com retorno garantido. “Assim como vários vestibulandos em isolamento descobri coisas que jamais entenderia como, por exemplo, me tornar uma autodidata. O Projeto Prosseguir nos ajuda diariamente com os desafios e os professores nos ensinam de forma descomplicada e prática todos os conteúdos programáticos. A pandemia nos trouxe muitos contratempos mas, todos os dias, vencemos um ou até mais, e esse projeto é de uma imensidão quase inexplicável aos vestibulandos deste ano. Só temos a agradecer aos coordenadores e responsáveis pelo Prosseguir por nos proporcionarem horas incansáveis de estudos para seguirmos tentando alcançar nossos sonhos”, conclui Vitória.

Sobre o Inec

Fundado em 1993, o Instituto Nordeste Cidadania (Inec) é uma Organização da Sociedade Civil (OSC) que tem como foco principal o desenvolvimento sustentável de comunidades na região Nordeste do Brasil. Atua por meio de programas de microfinanças e socioambientais nas áreas cultural, de tecnologia e desenvolvimento comunitário, atendendo crianças, jovens e adultos. É parceiro do Banco do Nordeste na operacionalização dos programas Crediamigo e Agroamigo. Saiba mais em www.inec.org.br.