Movimento Chapada do Araripe Patrimônio da Humanidade lança abaixo assinado

A campanha já conta com o apoio de instituições públicas, organizações não-governamentais e organismos internacionais. 

O movimento para o reconhecimento da Chapada do Araripe, lançou abaixo assinado na plataforma Avaaz.org em apoio à candidatura do sítio arqueológico como Patrimônio da Humanidade pela Unesco. Para assinar, basta clicar no link https://secure.avaaz.org/community_petitions/en/governo_brasileiro_iphan_unesco_apoie_a_candidatura_da_chapada_do_araripe_a_patrimonio_da_humanidade_1/?zKIUdqb

A campanha é encabeçada pelo Sistema Fecomércio-CE, através do Sesc Ceará, e Fundação Casa Grande, e conta com a participação de instituições públicas, organizações não-governamentais, além de instituições internacionais. O engajamento da população, através do abaixo assinado, no entanto, é fundamental como reforço da importância da Chapada do Araripe para a preservação da memória cultural e natural da região.

O movimento pela candidatura teve início em 2019, com a realização do I Seminário Internacional Chapada do Araripe Patrimônio da Humanidade, que reuniu palestrantes internacionais e nacionais, representantes de diversas instituições, agentes culturais da região e mestras e mestres da cultura popular.

Porém, o Sesc Ceará e a Fundação Casa Grande, já trabalham dentro desta perspectiva do fortalecimento da cultura da região do Cariri há mais tempo. Exemplo disso, é o projeto Museus Orgânicos, que transforma em lugares de memória e afeto as casas dos mestres de cultura da região. Assim, suas moradas, cheias de fotografias, vestimentas, instrumentos e tudo aquilo que marca o seu cotidiano, misturam-se com o dia a dia dos mestres e de suas famílias, convidando o visitante a estabelecer um vínculo com o que há de mais precioso, o saber. Ao todo, o projeto pretende inaugurar 16 museus orgânicos no Cariri.