Não Tem Volta: Pedro Padilha lança novo clipe de sofrência

Sertanejo com elementos do pop trap será lançado no dia 22 de setembro

Só conhece a sofrência amorosa quem que já vivenciou a dor de um término… Pedro Padilha interpreta um personagem que vive intensamente as emoções em seu novo clipe que estreia no dia 22 de setembro, Não Tem Volta, dirigido por Deivide Leme.

“Essa é a música de um amor que não deu certo e também representa esse novo ciclo de produção musical da minha carreira. Eu quero manter a minha essência do sertanejo, mas agora completando com referências de outros gêneros. O objetivo é criar uma verdadeira experiência sonora para o público”, conta Pedro, que atualmente é agenciado pela Atemporal Records, gravadora paulistana que oferece soluções 360º no mercado musical.

A canção foi produzida com uma mistura de elementos do pop e da música sertaneja, mostrando que cada vez mais o artista busca expressar sua versatilidade musical nos lançamentos. O clipe é um plano sequência, ou seja: foi gravado em uma tomada só, sem cortes. “Eu optei por esse formato de vídeo justamente para encarar esse desafio de explorar ainda mais o personagem. Assim, consegui entrar de cabeça na sofrência da música”, completa o artista. Para trazer a dor romântica da letra composta por Padilha, a canção sertaneja também conta com notas de acordeon musette, muito usado em um estilo de música e dança instrumental francesa. 

O lançamento mais recente de Pedro Padilha foi o EP Pisando no Brega, que mistura os dois gêneros nordestinos: a malemolência da bregadeira e o forró swingado da pisadinha. 

SOBRE PEDRO PADILHA

Pedro Padilha é cantor e compositor da nova geração musical do Brasil, com canções autorais que passeiam entre o pop, o sertanejo e o brega. Viveu a maior parte de sua vida em Cuiabá, no Mato Grosso, e em Fortaleza, no Ceará. A música sempre foi uma protagonista, presente nos principais momentos de sua vida e carreira. Com um câncer diagnosticado aos 14 anos de idade, Pedro encontrou na música a força que precisava para atravessar o seu tratamento de quimioterapia. O artista passou a se dedicar ao estudo musical, integrando o coro de louvores da igreja que frequentava. Foi a partir dali que Pedro escreveu sua primeira música e o talento para a composição começou a florescer. Com 20 anos, decidiu entrar profissionalmente nesse mercado e em 4 anos de carreira como compositor, já acumula letras gravadas por grandes artistas do Brasil, como Bruno & Marrone (Fogo Molhado, Minha Digital, Ego Ferido), Wesley Safadão (Vai Lá), Xand Avião (Vai e Volta) e Dilsinho (Astronauta). 

Em 2020, apostou suas fichas na sua carreira de cantor com o lançamento de seu primeiro single, Baixinha, com mais de 1 milhão de visualizações no YouTube. Seu lançamento autoral, Coração em Stand By, já soma mais de 1 milhão de visualizações, ganhando também um remix produzido pelo DJ Lucas Beat, que ultrapassou 4,5 milhões de streams no Spotify. A canção também viralizou no TikTok, somando 30 mil vídeos com a reprodução. Pedro também se uniu com um dos principais produtores de brega funk do país, o JS O Mão de Ouro, para o lançamento do clipe O Pai Quer Tu.

FICHA TÉCNICA

Não tem volta

Direção: Deivide Leme 

Roteiro: Pedro Padilha e Deivide Leme 

Direção de Fotografia: Diogo Bezerra 

Produção: Denise Rondini 

Assistente de direção: Felipe Rocha 

Assistente de set: Felipe Furlan 

Stylist: Carolina Bertacini 

Make: Priscila Bispo 

Edição: Deivide Leme 

Gaffer: Arthur
REDES SOCIAIS
INSTAGRAM / SPOTIFY YOUTUBE