No mês de conscientização do Diabetes, Emilio Ribas promove live “tira dúvidas” aberta ao público com médica especialista

Você sabia que atualmente cerca de 463 milhões de adultos vivem com diabetes no mundo e o Brasil é o 5º país com o maior número de pessoas com esta doença? Até 2019, pouco mais de 16 milhões de brasileiros viviam com diabetes. Os dados são da Federação Internacional de Diabetes (IDF).

O diabetes é um distúrbio metabólico que tem como principal característica o excesso de glicose no sangue, aumentando o risco de problemas cardíacos, sexuais e renais.

Conhecida por ser uma doença silenciosa, com aproximadamente 50% dos portadores desconhecendo ter a doença, o diagnóstico precoce e o rastreamento ativo por meio de exames laboratoriais é imprescindível.  Quando essa condição é detectada e tratada precocemente, o paciente consegue conviver normalmente com o diabetes. Por outro lado, o diagnóstico tardio é uma das causas agravantes das consequências da doença.

Apesar de sua forma mais comum acometer geralmente pessoas acima do peso e idosos, o diabetes também acomete crianças e mulheres gestantes. Segundo dados da IDF, em 2019, pouco mais de 1 milhão de casos de diabetes acometem pessoas abaixo de 19 anos e em média 15% das gestações podem cursar com glicose elevada.

Como diagnosticar o diabetes? Atualmente existem três possibilidades de testes para se fazer o diagnóstico: a dosagem de glicose sanguínea em jejum mínimo de oito horas, a dosagem de glicose no sangue duas horas após a ingestão de 75 gramas de glicose ou a realização da dosagem de hemoglobina glicada. Este último exame ainda fornece uma estimativa sobre a valor médio de glicemia dos últimos 3 a 4 meses. “Esses três exames constituem o padrão-ouro mundial. Caso algum dos testes venha alterado, ele deve ser confirmado numa segunda ocasião.”, afirma a Dra. Milena Teles, médica endocrinologista do Emilio Ribas Medicina Diagnóstica.

No dia 14 de novembro, acontece o Dia Mundial do Diabetes, que visa a conscientização em relação a prevenção e detecção precoce da doença, e para colaborar com essa ação, o Emilio Ribas Medicina Diagnóstica realizará uma live aberta ao público com o tema “Diabetes: mitos e verdades” ministrada pela Dra. Milena Teles, médica endocrinologista, especialista em diabetes, genética e endocrinopediatria, com doutorado em endocrinologia na USP e doutorado sanduíche na Harvard Medical School. Na oportunidade, os participantes poderão tirar todas as suas dúvidas sobre o tema bem como receber um e-book explicativo sobre o tema.

Serviço: Webinar “Diabetes: mitos e verdades”

Dia: 25 de novembro de 2020 (quarta-feira) às 19h.

Palestrante: Dra Milena Teles, endocrinologista, CRM-SP 101806/RQE: 61285

Evento gratuito no Youtube do Emilio Ribas: youtube.com/channel/UCKh1BeQQGE6Rib3hK9oQpXA