No mês do Meio Ambiente, Grupo Aço Cearense reforça seu compromisso com o desenvolvimento sustentável

Pensar hoje no futuro, desenvolvendo as regiões onde atua, é uma preocupação do Grupo Aço Cearense que tem a missão de operar no mercado do aço de forma sustentável, com dinamismo e excelência.

Com forte atuação no desenvolvimento e na conservação do meio ambiente, o Grupo Aço Cearense tem investido em sustentabilidade, construindo capital econômico, natural e social, com a missão de atuar no mercado do aço de forma sustentável, dinâmica e com excelência.

“A Gestão Ambiental está na nossa Política de Gestão Integrada, que norteia as decisões da organização quanto aos relacionadas aos aspectos ambientais que envolvem nossas atividades. Os colaboradores são envolvidos desde a sua entrada na empresa, com treinamento de integração, em que são sensibilizados quanto à importância de agir de acordo com a política na empresa”, destaca Carlos Yves Cavalcanti, gerente de Sustentabilidade da Aço Cearense.

A política de gestão integrada adotada apoia-se no princípio de gerenciar os aspectos e os  impactos ambientais das atividades, preservando o meio ambiente. Focando nesse compromisso, o Grupo Aço Cearense tem feito várias ações para a melhor gestão dos recursos disponíveis e para a destinação adequada dos resíduos gerados nas unidades industriais e comerciais.

“As ações de nossas áreas de gestão ambiental e gestão de resíduos são previamente planejadas através de planos de comunicações elaborados em conjunto com a nossa área de Comunicação, estabelecendo o que divulgar, qual o público alvo, como divulgar e quando divulgar. Como esse compartilhamento é elaborado de forma estruturada, racional e educativa, inclusive através de treinamentos periódicos para cada assunto tratado, além de fazermos auditorias internas para acompanhamento e medições da evolução de cada projeto, podemos afirmar que o nível de adesão é bastante satisfatório, demonstrando o alto nível de qualidade das ações que nos propomos a executar, explica Carlos Yves.

Entre as ações executadas pela companhia estão o consumo de coprodutos através de sinterização; o uso da logística reversa com baterias e pneus; o sistema de captação e de tratamento de efluentes que garante 98,35% de água recirculada nos processos industriais, e a aplicação de metodologias para destinação correta e redução dos resíduos gerados, como óleo para rerrefino e escória para recuperação de vias públicas.

Há uma preocupação de praticar a gestão ambiental competente e eficaz e difundi-la entre colaboradores, familiares e todas as comunidades com as quais a Aço Cearense tem relacionamento direto ou indireto. Para Carlos Yves, os avanços são perceptíveis nas atividades industriais e comerciais das empresas localizadas nos Estados do Ceará, Pará e Tocantins, permitindo um excelente relacionamento com a sociedade como um todo e, especificamente, com os órgãos ambientais que, visivelmente, reconhecem as ações em defesa do meio ambiente.

 “Melhoramos a nossa destinação de resíduos e coprodutos com uma destinação mais adequada de reciclagem, reaproveitamento e envio para coprocessamento, investimentos expressivos foram realizados em controle de emissões atmosféricas. Assim como mantemos um robusto sistema de tratamento e recirculação de água, que garante um uso adequado dos recursos hídricos. Diante desse novo modelo que se está configurando o cenário mundial e local, temos o desafio de nos tornarmos ainda mais sustentáveis, com um olhar para o negócio, onde as questões ambientais se tornam um vives importante das tomadas de decisão”, complementa Junimara Chaves, coordenadora de Gestão Ambiental da SINOBRAS.

“Hoje, no momento em que vivemos um completo estresse mundial, estamos mais ainda observando como é bom ter boas práticas. A atmosfera está mais limpa, os rios e as baías com águas mais transparentes, menor uso de motores à combustão de combustíveis fósseis, levando-nos cada vez a sermos mais criativos e inovadores de forma a, inclusive, avançar nessa nova realidade para termos um mundo melhor onde nossas gerações atuais e futuras possam ter uma vida mais agradável e sustentável”, comenta Carlos Yves Cavalcanti.

Veja algumas ações que o Grupo Aço Cearense realiza:

·       Produção de redutor bioenergético de forma sustentável, com 15 fazendas próprias de plantio de eucalipto em uma área de 25.100 hectares.

·       Plantio de carnaubeiras em uma área de 100 mil m² de preservação ambiental, atendendo a legislação vigente.

·       Consumo de coprodutos através de Sinterização, assim reaproveitando materiais e reduzindo demanda de matérias primas e energia na produção de ferro gusa;

·       Uso da logística reversa para baterias e pneus;

·       Substituição de lâmpadas fluorescentes por led;

·       Sistema de captação, tratamento e recirculação de água, que garantem 98,35% de água recirculada nos processos industriais;

·       Aplicação de metodologias que melhoram o desempenho e o acompanhamento das destinações e reduções dos resíduos gerados, como a destinação de óleo usado para rerrefino e escórias para recuperação de vias públicas;

·       Sistema de coleta, armazenamento em reservatórios artificiais de grande porte, bombeamento e tratamento de águas pluviais em Estação de Tratamento de Água – ETA, assegurando integralmente o abastecimento para consumo humano e industrial;

·       Todas as empresas do Grupo Aço Cearense possuem Estações de Tratamento de Efluentes Industriais – ETEI, assegurando o adequado tratamento desses efluentes e seus descartes nos mananciais em completo atendimento aos requisitos legais.

·       Para a gestão dos resíduos sólidos e líquidos, temos projetos de coleta seletiva nas nossas empresas, um exemplo é o Projeto Reciclo realizado na Aço Cearense.

·       Doações de centenas de mudas de árvores de espécies nativas, florestais, frutíferas, medicinais e ornamentais aos colaboradores. Com palestras e treinamentos de educação ambiental.