O Fantástico Circo do Artista da Fome estreia no Dragão do Mar

Baseada na obra de Franz Kafka, a montagem do Cangaias Coletivo Teatral aborda anseios sociais atuais de forma reflexiva e lúdica

Qual a fome do artista? Este é o questionamento central do espetáculo “O Fantástico Circo do Artista da Fome”. Inspirada no conto de Franz Kafka, a peça convida o espectador a refletir sobre o que está em falta no interior de cada um. Na montagem, o artista não é apenas aquele que trabalha com performance, atuação e artes. O artista é a sociedade, carente e órfã, em busca de entender tal fome. A apresentação, executada pelo Cangaias Coletivo Teatral, estreia no sábado, dia 7 de março, às 20h, no Teatro Dragão do Mar. 

Para o diretor e ator do espetáculo, Luis Carlos Shinoda, a obra também fala sobre resistência. “São inúmeros os desafios para se viver e trabalhar com arte em nossa cidade. Os espaços são cada vez menores, os investimentos são poucos e a demanda de grupos e artistas é cada vez maior. No entanto, a nossa criação artística surge como uma necessidade vital de sobrevivência. Uma forma de dizer que estamos vivos”, pontua. “Vimos na obra do autor tcheco, a possibilidade de tratar de temas pertinentes à sociedade contemporânea de forma reflexiva, inventiva e lúdica”, complementa o diretor.


Ao todo, o processo de montagem de “O Fantástico Circo do Artista da Fome” durou um ano e a estreia ocorre no mesmo mês em que o Coletivo comemora 10 anos de atuação. “Esta montagem visa consolidar esse aniversário e toda a nossa trajetória, tanto dos artistas que são hoje o Cangaias, como também, de todos que passaram pelo coletivo ao longo dos anos”, explica Shinoda. 

Os ingressos já estão à venda pela plataforma Sympla, no link: bit.ly/ingressos-estreia-cangaias

Sinopse

A peça “O Fantástico Circo do Artista da Fome”, fala da trajetória de um jejuador profissional, um artista que fica sem comer durante muito tempo e essa é a sua arte. O espetáculo remete aos grandes números dos faquires, artistas populares e de circo, que desafiavam os limites do próprio corpo executando feitos de resistência,  como alojar-se em caixas de vidro, com cobras ou deitar em camas de prego, por exemplo.

10 anos de resistência

O Cangaias Coletivo Teatral surgiu em 2010 e atua nas áreas de pesquisa, formação e produção. Tem em seu repertório espetáculos infantis como “Miau!” e “O regresso dum barquinho de papel”; e a peça “Na Colônia Penal”, obras que trazem reflexões sobre sociedade, contemporaneidade e seus desdobramentos.

O grupo participou de importantes festivais, como o For Rainbow, Festival Maloca Dragão, Festival Popular de Teatro de Fortaleza, Festival de Teatro de Acopiara, Festival de Teatro de Fortaleza, entre outros. Hoje, além de trabalhar com uma pesquisa de linguagem continuada, o grupo vem se ocupando em fomentar cada vez mais a formação em artes cênicas no estado com a realização de oficinas e, principalmente, do Curso Livre de Práticas Teatrais (CLPT).

SERVIÇO

O Fantástico Circo do Artista da Fome

Data: sábados e domingos de março (07,08, 15, 16, 22, 23 e 29)
Horário: 20h

Local: Teatro Dragão do Mar

Ingresso: R$ 20 inteira | R$ 10 meia