Plantas de apartamentos da MRV já são apresentadas em realidade aumentada

Tecnologias permitem projeção em terceira dimensão (3D) de plantas baixas oferecendo mais interatividade ao consumidor  

Dando continuidade aos processos de melhorias na experiência de seus clientes por meio de inovações tecnológicas, a plataforma de soluções habitacionais MRV já está utilizando uma maneira diferenciada para apresentar as plantas de seus apartamentos.

A empresa disponibilizou duas tecnologias que dão acesso a planta dos apartamentos em realidade aumentada, para melhorar a interatividade dos usuários que visitam o site ou os estandes de vendas da construtora.

Desta forma, as plantas de alguns projetos, já podem ser visualizadas em terceira dimensão (3D) pelo sistema WebGL no navegador de internet, ou por QR Code (abaixo), impressos nos folders dos empreendimentos, como o abaixo:

Confira a planta interativa da MRV utilizando a câmera do seu celular ou tablet por meio do QR Code. Para alterar o ângulo de visualização do imóvel, mova o QR Code ou o aparelho. A experiência ficará ainda melhor com o código impresso.

Os clientes podem acessar a planta interativa através navegador de internet, pela própria página dos empreendimentos que contam com esta tecnologia. Nela é possível visualizar todo o apartamento, mudar o ângulo de visualização, conferindo todos os pontos do apartamento (confira clicando aqui).   

Na planta interativa, o apartamento é apresentado mobiliado. Uma maneira interessante para que o cliente veja como poderá aproveitar os espaços de seu imóvel. Mas também há possibilidade de retirar toda a mobília e decoração acionando o botão que está ao lado da logomarca da MRV. Tudo isso sem a necessidade de instalação de plugins, extensões ou aplicativos.

O diretor de Comunicação, Marketing e Novos Negócios da MRV, Rodrigo Resende, explica que a tecnologia se tornou uma aliada de peso para a empresa, proporcionando ganhos corporativos e maior percepção do produto por parte do comprador.

“Recentemente implantamos o apartamento decorado com óculos de realidade virtual. Como grande novidade para o mercado imobiliário foi a possibilidade de o cliente personalizar completamente o imóvel em minutos. Agora, as plantas interativas trazem maior realidade ao produto que apresentamos. Uma planta baixa é um modelo muito técnico e não retrata pouco o produto que o cliente irá receber. As pessoas querem materializar o apartamento e estas tecnologias permitem aproximar desta realidade”, explicou.