Praças, teatros e terminais de ônibus viram palco para receber a 10ª edição do Festival Popular de Teatro de Fortaleza

Com o tema ‘A arte favorece o nosso amor pelo mundo’, o Festival ocorre de 4 a 8 de novembro, com oficinas para crianças; e de 12 a 15 de novembro, com apresentações teatrais. Toda a programação é gratuita

Praças, teatros e terminais de ônibus viram palco para receber a 10ª edição do Festival Popular de Teatro de Fortaleza, que acontece de 4 a 8 de novembro, com oficinas de teatro para crianças; e 12 a 15 de novembro, com apresentações teatrais. Com programação inteiramente gratuita, o Festival, que já faz parte da agenda cultural de Fortaleza, contará com 24  apresentações focados nos mais diversos públicos. Dentre os grupos participantes do festival esse ano,  6 são de grupos teatrais de outros estados: São Paulo, Rio Grande do Sul, Maranhão, Paraná, Rio Grande do Norte e Minas Gerais. Confirmando, dessa forma, o caráter multicultural do Festival Popular.

Haverá espetáculos nos terminais de ônibus da Parangaba, Papicu, Messejana e Antônio Bezerra. A Praça do Ferreira (Centro), a Praça Luiza Távora (Aldeota), Praça do Conjunto Renascer e Antônio Dias Macedo (Dias Macedo), Polo de Lazer Luiz Gonzaga (Conjunto Ceará), Polo de Lazer Sargento Hermínio (São Gerardo) também serão contemplados na agenda. O Festival passará ainda pelo Theatro José de Alencar e Casa Absurda.

A abertura do evento será na terça-feira, dia 12/11, das 10h às 17h, na Praça do Ferreira, com diversas atrações: 10h30 – espetáculo Gran Finale, do Grupo As 10 Graças de Palhaçaria; das 12h às 14h, o palco estará aberto aos artistas que trabalham diariamente na Praça do Ferreira; às 16h será a hora do espetáculo Rosa Escarlate, da Trupe Caba de Chegar; e, para finalizar o dia, às 17h, haverá a apresentação da dança folclórica do grupo Txai Cia de Danças Populares. Já o encerramento será na sexta-feira, dia 15/11, no Bairro Dias Macedo, com shows das Bandas Tribos Urbanas, Dragões do Samba e Helô Sales e Banda.

Com o tema “A arte favorece o nosso amor pelo mundo”, o Festival Popular de Teatro de Fortaleza tem o objetivo de ampliar o acesso da população de Fortaleza às artes cênicas do teatro de rua. Além disso, também propõe democratizar os espaços cênicos da cidade, por meio da potencialização dos teatros de grupos e dos diversos artistas existentes no Ceará e no Brasil.

No dia 13/11 (quarta-feira), na Casa Absurda, ocorrerá o lançamento dos livros ‘Os Bufões’, de Allysson Lemos e ‘Povo da Rua Teatro de Grupo 20 anos: Resistência, Memória e Dramaturgia’.

“Essa forma distributiva de apresentar o teatro faz parte de uma inclinação claramente popular, colocando o público comum – trabalhadores em geral e transeuntes – como partícipes de um processo estético”, destaca o coordenador geral do festival, Raimundo Moreira.

O 10º Festival Popular de Teatro de Fortaleza conta com a realização da Companhia Prisma de Artes; parceria da Fecomércio CE, Sesc, Quitanda das Artes, Encena Produção; apoio da Casa Absurda, Theatro José de Alencar, Teatro São Luiz; agradecimento à Enel; e apoio institucional da Secretaria Estadual de Cultura, por meio da Lei 13.811, de 16 de agosto de 2006, Ceará Cultura Secult e Goveno do Estado do Ceará. A programação do Polo de Lazer Luiz Gonzaga, no Conjunto Ceará,  ocorre em parceria com grupo “O Corpo sem Órgãos: Sarau- Rizoma”.

Programação:

 12/11 – TERÇA

Terminal da Parangaba

7h – Espetáculo: O Gran Circo Malabar – Henrique Rosa (Fortaleza/CE)

Theatro José de Alencar

9h – Cortejo e Performance: Corpo Lixo Cidade – Silvia Moura (Fortaleza/CE)

Praça do Ferreira

10h – Abertura do 10º Festival Popular de Teatro de Fortaleza

10h30 – Espetáculo: Gran Finale – Grupo As 10 Graças de Palhaçaria (Fortaleza/CE)

12h às 14h – Palco Aberto aos Artistas de Rua

16h – Espetáculo: Rosa Escarlate – Trupe ‘Caba de Chegar (Fortaleza/CE)

17h – Dança Folclórica: TXAI Cia de Danças Populares (Fortaleza/CE)

13/11 – QUARTA

Polo de Lazer Sargento Hermínio

15h – Espetáculo: Água Doce – Cia da Tribo (São Paulo/SP)

EEEP Dona Creusa do Carmo Rocha (em frente ao Polo de Lazer Sargento Hermínio)

16h – Espetáculo: Os 10 Mandamentos da Capital – Povo da Rua Teatro de Grupo (Porto Alegre/RS

Terminal de Antônio Bezerra

12h – Espetáculo: Zoo Ilógico – Trupe Motim de Teatro (Quixeré/CE)

Theatro José de Alencar

Foyer

14h às 17h – Seminário Arte e Liberdade

Casa Absurda

18h – Lançamentos de Livro: Os Bufões – Alysson Lemos

19h – Espetáculo: Ensaio sobre a Memória – Pequena Companhia de Teatro (São Luís/MA)

20h30 – Show: Brasileiramente Viva – Lídia Maria

14/11 – QUINTA

Casa Absurda

9h – Encontro dos Grupos Participantes

Terminal do Papicu

12h – Espetáculo: O Gran Circo Malabar – Henrique Rosa (Fortaleza/CE)

Praça Luíza Távora

15h – Espetáculo: Lugar de ser Inútil – Olho Rasteiro (Curitiba/PR)

Polo de Lazer Luiz Gonzaga (Polo de Lazer do Conjunto Ceará)

·        Programação em parceria com “O Corpo sem Órgãos: Sarau- Rizoma”

18h – Espetáculo: Ainda Vivas – Nóis de Teatro (Fortaleza/CE)

Casa Absurda

18h – Lançamentos de Livro: Povo da Rua Teatro de Grupo 20 anos: Resistência, Memória e Dramaturgia

19h – Espetáculo: O Torto Andar do Outro – Cia Pão Doce de Teatro (Mossoró/RN)

20h30 – Show: Direção Perigosa – Preto Neon

15/11 – SEXTA

Praça do Conjunto Renascer (Dias Macedo)

9h30 – Espetáculo: Lugar de Ser Inútil – Grupo Olho Rasteiro (Curitiba/PR)

16h – Espetáculo: Naquele Bairro Encantado – Episódio II: Ensaio para uma serenata – Teatro Público (Belo Horizonte/MG)

Praça Antônio Dias Macedo (Praça do Zequinha)

18h – Shows: Tributo à Legião Urbana – Banda Tribos Urbanas

                         Samba de Raiz – Dragões do Samba

                       O inverso do verso – Helô Sales e Banda

Terminal de Messejana

12h – Espetáculo: Zoo Ilógico – Trupe Motim de Teatro (Quixeré/CE)

Casa Absurda

14h – Espetáculo Frei Tito: Vida, Paixão e Morte – Grupo Formosura de Teatro (Fortaleza/CE)

Endereços das Atividades

Casa Absurda (Rua Isac Meyer, 108 – Aldeota)

Theatro José de Alencar (Rua Liberato Barroso, 525 – Centro)

Praça do Ferreira (Rua Floriano Peixoto, 590 – Centro)

Praça Luíza Távora (Av. Santos Dumont, 1589 – Aldeota)

Polo de Lazer Luiz Gonzaga (Av. Ministro Albuquerque Lima – Conjunto Ceará)

Polo de Lazer Sargento Hermínio (Av. Sargento Hermínio, 2006 – São Gerardo)

Praça Dr. Antônio Dias Macêdo (Av. Pedro Dantas, 340 – Dias Macedo)

Terminal de Antônio Bezerra (Rua Demétrio Menezes, 3750 – Padre Andrade)

Terminal de Messejana (Av. Tomás Coelho, 602-620 – Messejana)

Terminal do Papicu (Rua Pereira de Miranda, 81 – Papicu)

Terminal da Parangaba (Rua Eduardo Perdigão, 241 – Parangaba)

Sobre a Cia Prisma de Artes

Desde 1985, o grupo alia teatro e trabalho comunitário, atuando fortemente na periferia fortalezense. Possui um número significativo de montagens infantis. Além de produções teatrais, a companhia organiza um bloco de pré-carnaval, uma quadrilha junina e um grupo de reisado, bem como realiza o Festival Popular de Teatro de Fortaleza.