Universidade Federal do Ceará firma convênio com a Eco Soluções em Energia para desenvolver sistema de monitoramento de energia solar

A Universidade Federal do Ceará firmou, na manhã de ontem (25), convênio para a elaboração de um sistema integrado voltado ao monitoramento e controle de dados de usinas de energia solar. O novo convênio foi assinado com a empresa ECO – Soluções em Energia – filiada ao Sindienergia-CE, que atuará em conjunto com a UFC durante um ano no desenvolvimento do projeto.

A UFC é representada na parceria pelo Laboratório de Engenharia de Sistemas de Computação (LESC), vinculado ao Departamento de Engenharia de Teleinformática. O laboratório foi um dos escolhidos no ano passado como unidade de inovação pela Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (EMBRAPII).

Financiam o projeto, cujo investimento total é de R$ 637 mil, a ECO, a EMBRAPII e a UFC, esta última tendo a Fundação Cearense de Pesquisa e Cultura (FCPC) como interveniente.

O sistema, batizado de ECO Solaris, será composto por soluções integradas de software e hardware que visam otimizar o monitoramento de dados captados a partir das usinas de energia solar, com armazenamento das informações em nuvem computacional e utilizando técnicas de internet das coisas (IoT).

A ideia é que os equipamentos, chamados de SmartLogger, possam, alinhados a uma plataforma web, concentrar dados e detectar possíveis falhas, facilitando a manutenção e a gerência das usinas. Segundo o cronograma de desenvolvimento, uma primeira versão do sistema já deve ser apresentada no quinto mês do projeto.

Presente à solenidade de assinatura do convênio, o diretor da ECO, também Diretor Financeiro do Sindienergia, Jonas Becker Paiva, classificou a nova parceria como uma “alegria enorme”, ao defender iniciativas de atividade econômica na Universidade.

“Vamos ter um produto que vai ser comercializado, vai gerar bastante emprego aqui no Ceará, e vai ajudar a Universidade cada vez mais a ser um case de parceria com a iniciativa privada. Espero voltar daqui um ano para estarmos juntos fazendo o lançamento do produto e mostrando os benefícios que ele vai trazer à nossa sociedade”, projetou o diretor.

DOAÇÃO DE USINA – Além da parceria firmada, a Universidade recebe da ECO a doação de uma nova usina solar, que deverá ser instalada no Instituto UFC Virtual, somando-se ao complexo fotovoltaico inaugurado oficialmente em agosto do ano passado.

Para o reitor da UFC, Prof. Cândido Albuquerque, a doação e o desenvolvimento do ECO Solaris representam uma oportunidade de aproximação dos estudantes à atividade econômica e de pesquisa. “O aluno vai trabalhar sabendo que pode fazer o experimento dele naquele local. Essa é a nova Universidade que estamos tentando construir”, afirmou durante a solenidade ocorrida em seu gabinete.

(Com informações do site da UFC)