Exposição Linhas da Cidade segue até 03 de novembro na Casa do Barão de Camocim

Como parte da programação do Borda – Festival Arte, Bordado e Experimentação a exposição reúne trabalhos de artistas do Nordeste e Sudeste. 

A partir do entendimento do espaço urbano como uma trama onde se costuram experiências poéticas e políticas, a Exposição Linhas da Cidade reúne obras de 15 artistas visuais e têxteis do nordeste e sudeste, na Casa do Barão de Camocim. A mostra faz parte da primeira edição do Borda – Festival de Arte, Bordado e Experimentação que  trouxe, no início do mês de outubro, uma programação extensa com oficinas, falas de artista e ações de intervenção urbana. 

Com o tema norteador que dá título à mostra, o Festival visa promover o contato com formas sensíveis de experimentar a cidade que vivemos a partir do bordado e de outras materialidades têxteis como linguagem artística.

Com curadoria de Wilma Farias e Laura Moreira, idealizadoras do Festival, Linhas da Cidade trata-se de uma mostra coletiva que reúne artistas em diferentes níveis de percurso e olhares diversos para a cidade utilizando uma das principais materialidades que envolve o  bordado: a linha.

Em diferentes formas de experimentar a linha, é possível encontrar na Exposição fotografias, folhas de árvores, telas, mantos, vestuário e instalação. Dentre as obras, destaca-se a instalação Moiras da artista paulista Edith Derdyk.

Na instalação interativa e colaborativa, Moiras, a artista visual convida os visitantes a construírem caminhos com a linha sem repetí-los. A proposta de Edith Derdyk é tecer uma trama urbana, em seu sentido poético e filosófico.

Os artistas que compõem a exposição são: Alexandre Heberte, Jamille Queiroz, Junior Pimenta, Edith Derdyk, Andrea Dalolio, Beatriz Rabelo, Coletivo Linhas, Clébson Oscar, João Miguel Lima, Larissa Batalha, Mateus Sérvio, Oco Estúdio, Plantomorpho, Tiago Rosa, Virginia B e Virginia Fukuda. 

O projeto é uma produção do Coletivo Avesso e tem o apoio cultural do VII Edital das Artes da Secretaria Municipal da Cultura de Fortaleza. 

COLETIVO AVESSO 

Em Fortaleza, o Coletivo Avesso percebe o bordado como um gesto artístico, político e poético. É composto pelas artistas-bordadeiras Laura Moreira e Wilma Farias que costuram caminhos e possibilidades diversas para o bordado, especialmente em diálogo com a cidade. As ações do Coletivo se configuram como ocupações e intervenções no espaço público, intencionando o estar junto para produzir conversas.

SERVIÇO

Exposição Linhas da Cidade

Quando: até 03 de novembro (visitação terça a domingo 9h às 12h – 13h às 17h)

Onde: Casa do Barão de Camocim ( R. General Sampaio, 1632 – Centro – entrada pela lateral)

Mais informações: @festivalborda

Contatos para entrevistas: 

(85) 9 8872-5571 – Wilma   | (85) 9 99551703 – Laura