Marcel Girão é considerado a maior autoridade da causa animal dos últimos anos no Estado do Ceará

Sua formação é em economia, mas a luta e empenho de Marcel Girão – que também é professor e membro honorário da academia cearense de direito – vem sendo a defesa dos animais no estado do Ceará. Essa história começou há mais de dez anos, quando Marcel se tornou voluntário do Abrigo São Lázaro. Desde então, sua luta vem se consolidando e, hoje, ele é considerado a maior autoridade da causa animal no Estado.

Sua relevância reflete nas redes sociais. Atualmente, Marcel conta com quase 200 mil seguidores, entre facebook e instagram, e usa suas redes para influenciar pessoas a ajudar os animais, principalmente os abandonados; para reivindicar melhorias; dar dicas importantes de cuidados com os pets; fazer denúncias sobre maus-tratos, entre outros temas.

Girão entrou para história como o primeiro Coordenador Estadual de Defesa Animal no Ceará. Em sua passagem pela pasta, ele foi articulador de projetos importantes como o de atendimentos gratuitos no Hospital Publico Veterinário da UECE, que devem iniciar no segundo semestre deste ano, bem como o projeto de criação do Vetmóvel a nível estadual, para castrar e consultar gratuitamente animais de Fortaleza e todo Ceará. Também lutou pela instalação de clinicas veterinárias publicas. 

Além disso, Marcel contribuiu para as conquistas mais importantes na causa, como a Coordenadoria Especial de Proteção e Bem-Estar Animal (Coepa), na qual foi membro. Articulou a ampliação do Vetmóvel em Fortaleza e a nível estadual, órgãos de proteção animal em diversos municípios do interior, regulamentação da abolição das carroças, elaboração convênio de apoio a ONGs, palestras educativas, delegacia meio ambiente, como, também, vem realizando resgate e adoção de vários animais.

Marcel também se dedica ao projeto Fortaleza Consciente, o qual é o fundador e realiza cursos de matemática,  português, finanças,  inglês,  informática, ações de limpeza de praia, conservação de praças e defesa dos animais.

Em 2018, foi candidato a deputado estadual pela causa animal, tendo destaque com o maior numero de votos (23.821), o que lhe rendeu a primeira suplência no cargo. Sua campanha politica pela causa animal foi a mais barata do Ceará, sem um centavo de fundo eleitoral. Demonstrando ser o perfil de político desejado por todos aqueles cidadãos que almejam um mundo mais humano com as pessoas e os animais.