Selvagens à Procura de Lei e Lucy Alves lançam nova versão do single “Sede ao Pote” com musicalidade única

Releitura ressalta o desejo pelo espírito livre e força das decisões do cotidiano;
A união SAPDL e Lucy (artistas autenticamente nordestino e de estilos diferentes) é inédita e

promete ser um dos grandes lançamentos de fevereiro

Populares por suas canções autorais repletas de poesia e arte, a banda Selvagens
à Procura de Lei tem novidade estreando em fevereiro! Em parceria com Lucy
Alves, a SAPDL lança uma nova versão de “Sede ao Pote”. O single, antes na voz
de Rafael Martins, agora ganhou dose de dualidade especial: a força e a delicadeza
da voz feminina e toda sua musicalidade.


Nessa junção bem nordestina, a canção ganha ainda mais ar de manifesto pela
liberdade nos tempos atuais vividos. Uma verdadeira dança de vozes, acordes
instrumentais e almas em busca de suas verdades, como destaca Rafael (guitarra e
vocal) sobre a composição: Em meio a tantas reflexões sobre a vida, o amor e as
loucuras de se jogar na estrada aos 20 e poucos anos, escrevi “Sede ao Pote” sobre
a vontade de viver sob a afirmação de que tudo acontece conforme as nossas
decisões são tomadas.


Em duas fases de lançamento, a música chega às plataformas de streaming dia 05
de fevereiro. Já o clipe será apresentado no dia 19 também em fevereiro. “Sede ao
Pote” em sua primeira versão é parte do disco Paraíso Portátil, o quarto álbum da
banda Selvagens à Procura de Lei, lançado no fim de 2019.


Como resultado dessa união artística temos um hit pop/mpb super atual, não
apenas sonoramente, mas também em relação a atitude, desejos como no trecho
“Tenho pressa e tenho tempo, eu quero sair por aí a toa!” seguidos de “Toda vez
que bate o vento meu cabelo voa” clamam por uma vida de espírito tranquilo e leve.
Nessa nova ótica de “Sede ao Pote”, Lucy Alves chega com seu jeito cativante e
talentoso e destaca “Conheci o trabalho dos “Selvagens à procura de lei” através do
meu escritório e me apaixonei pelo som dos caras. Tem poesia, paixão e vida. Me
lembrou grandes poetas, como Belchior.”.

Nicholas Magalhães (baterista e vocalista) ressalta a relevância da associação
SAPDL e Lucy Alves: Já sabíamos da importância de estar com a Lucy. Fazer essa
parceria entre artistas com estilos diferentes fez surgir uma canção de sentimento
forte, onde as origens nordestinas se apresentam e se misturam com toques de
modernidade e sensibilidade feminina.


A imagem de capa da canção é assinada pela artista AZUHLI. Original em pintura a
óleo, a obra destaca elementos via metáfora como o próprio pote citado na letra e o
vento aos cabelos ondulados figurativamente em tons azuis de Lucy Alves, bem
como a aura emanada ao viver cada detalhe de “Sede ao Pote!”.
Em resumo, os artistas falam oque o público pode esperar! “Uma canção que fala
sobre querer viver, que tem uma intensidade e beleza e que traz uma atmosfera dos
dias atuais. Espero que todos gostem do resultado tanto quanto eu!”, diz Lucy, já
Rafael da banda SAPDL enfatiza: Engraçado pensar que hoje, nas atuais
circunstâncias do mundo, esse mesmo tempo parece ser maior do que era antes.
Só comprova a minha ansiedade nos 20 e poucos anos e a pressa de viver.


Serviço – Lançamento “Sede ao Pote”
Data: 05/02 – música nas plataformas de streaming – e 19/02 – clipe;
Informações: Instagram – https://www.instagram.com/selvagensaprocuradelei e
https://www.instagram.com/lucyalves/

Saiba mais sobre Selvagens à Procura de Lei:
Com 10 anos de carreira no meio musical, os “Selvagens à Procura de Lei”, banda
formada por Caio Evangelista (compositor, baixista e vocalista), Gabriela Aragão
(compositor, guitarrista e vocalista), Nicholas Magalhães (compositor, baterista e
vocalista) e Rafael Martins (compositor, guitarrista e vocalista), já realizaram
apresentações em boa parte do território nacional, tendo atuado também
internacionalmente representando a música brasileira na Copa do Mundo na Rússia,
em Moscou, através de escolha de edital da BM&A e jurados de entidades culturais
Francesa e Russa, com aval do Ministério da Cultura do Brasil.
Juntos, os “Selvagens”, fizeram parte do Line-up dos maiores festivais do Brasil com
destaque para LollaPalooza (2014 e 2018), Rock in Rio (2019), Planeta Terra,
Festival Expocrato (2018 e 2019), Festival I’Music (2018), Maloca Dragão, Ceará
Music, Revellion de Fortaleza (2019), Aniversário de Fortaleza (2018) entre outros.
Ao longo desses anos quatro discos foram lançados, mais de setenta músicas
produzidas, clipes, DVD e milhares de shows, possuindo mensalmente mais de
centenas de milhares de ouvintes nas plataformas digitais como SPOTIFY,
YOUTUBE e DEEZER. A banda também conquistou melhor música do ano pela
revista Rolling Stones (2016), entraram para a lista das 10 bandas mais
empreendedoras pela Revista Exame (2017), artista mais acessado na categoria de
rock pelo Palco MP3 e prêmio New York Movie Awards pelo clipe de Dejavú (2019).

O primeiro disco dos Selvagens à Procura de Lei, Aprendendo a Mentir (2011,
independente) é totalmente indie rock. O segundo, Selvagens à Procura de Lei
(2013, Universal Music) é mais classic rock. O terceiro, Praieiro (2016,
independente), é um rock “abrasileirado”. O último e mais recente, lançado em
2019, foi o Paraíso Portátil com pegada super pop rock. #VaiSelvagens

Saiba mais sobre Lucy Alves:
Uma das artistas mais versáteis e celebradas de sua geração, Lucy Alves é
conhecida do público brasileiro desde que integrava o grupo Clã Brasil, formado no
início dos anos 2000, ao lado de sua família. Mas foi em 2013 que ganhou
popularidade e alçou o estrelato quando foi uma das finalistas da segunda
temporada do programa The Voice Brasil. Desde então, acrescentou ao seu já
extenso e invejável currículo participação em três novelas da Rede Globo (com
destaque para a personagem Luzia em “Velho Chico”, que lhe rendeu o troféu de
Atriz Revelação no Prêmio Melhores do Ano/2016 e Lurdes dos Santos Silva jovem
em “Amor de Mãe”), o papel principal no musical “Nuvem de Lágrimas” e diversos
lançamentos musicais (com destaque para o EP “Santo Forte”, de 2018). Em 2016,
Lucy foi indicada ao Grammy Latino na categoria Melhor Álbum de Músicas de
Raízes Brasileiras, com o álbum ‘No Forró do Seu Rosil’, gravado juntamente com o
grupo Clã Brasil.


Seus trabalhos mais recentes são o EP “Chama” (lançado em 2020 e que conta
com os hits “Chegue Chega” e “Me Deixa Ser Mulher”) e o feat. com a banda
Natiruts, “Dia de Festa”, lançado em novembro do mesmo ano. A cantora, atriz e
multi instrumentista pegará a estrada em 2021 em uma turnê nacional, que leva o
nome “Esse Mundo é Meu”. Além de estrear as novas canções, Lucy promete
apresentações repletas de surpresas e, claro, seus maiores sucessos.