Azul doa 160 eletrônicos para ONG cearense Tapera Artes

Kindles, tablets e notebooks serão utilizados por crianças assistidas pela Tapera para aulas regulares e para a realização de atividades virtuais da ONG enquanto durar a pandemia

“Conectando pessoas e transformando vidas”. O slogan da área de Responsabilidade Social da Azul se tornou prática nesta quarta-feira (2), no Aeroporto Internacional de Fortaleza, com a doação de 160 eletroeletrônicos para a Tapera das Artes. Ao todo, 100 kindles, 50 tablets e 10 notebooks usados, mas em bom estado de conservação, foram entregues à ONG que atua no desenvolvimento social de crianças da região de Aquiraz, no Ceará.

Além de permitir que as crianças e jovens da região consigam acompanhar as atividades virtuais da Tapera, os eletroeletrônicos também serão utilizados para as aulas regulares. A ONG estima que entre 30 e 40% das crianças da região estão fora das aulas regulares pela ausência de banda larga e/ou equipamentos que conectem à internet. Depois que o período de pandemia passar, a Tapera utilizará os eletrônicos doados para montar uma sala de informática dentro da instituição.

“Sempre buscamos realizar ações que possam impactar e transformar positivamente a vida das pessoas, e isso nunca foi tão verdadeiro como agora. Temos certeza de que esses equipamentos chegarão a tantas crianças necessitadas, que agora terão o suporte que tanto precisavam para estudar e para participar das atividades de um projeto renovador como o que é oferecido pela Tapera”, afirma Camila Almeida, Diretora de Pessoas da Azul. 

“A oferenda que nos está sendo dada pela AZUL vai proporcionar às nossas crianças a oportunidade do aprendizado à distância, além de ferramentas que vão ajudar para a leitura e pesquisa, atividades tão importantes na realidade estudantil atual. Os equipamentos terão impacto significativo na vida intelectual de inúmeras crianças de Aquiraz atendidas pela Tapera das Artes. Nossa gratidão eterna”, diz Ritelza Cabral, Presidente do Conselho Gestor da Tapera das Artes.

Desde o início da pandemia, a Azul já distribuiu mais de 500 mil pacotes de snacks, 204 papinhas infantis, 880 latas de refrigerantes e 257 peças de roupa de cama de bordo para hospitais e instituições em todo o Brasil. Esta é a primeira vez que a companhia doa eletrônicos a uma ONG no país durante a pandemia.

O apoio da Azul à Tapera

Parceira social da Azul desde o início deste ano, A Tapera das Artes recebe apoio por meio da Lei Rouanet para auxiliar no transporte aéreo de convidados e do coordenador artístico do projeto Mestre & Aprendiz – Almas Gêmeas. O projeto realiza edições de intercâmbios culturais entre ONGs com o objetivo de fomentar oficinas e diálogos artísticos pedagógicos entre artistas consagrados no cenário musical mundial e aprendizes, que são as crianças e adolescentes de Aquiraz e de mais 28 outras instituições cearenses.

Sobre a Azul

A Azul S.A. (B3: AZUL4, NYSE: AZUL) é a maior companhia aérea do Brasil em número de voos e cidades atendidas, com 916 voos diários e 116 destinos. Com uma frota operacional de 140 aeronaves e mais de 13.000 funcionários, a Companhia possui 249 rotas em 31 de dezembro de 2019. Em 2020, a Azul foi eleita pela primeira vez a melhor companhia aérea do mundo pelo TripAdvisor Travelers’ Choice, sendo a única empresa brasileira a receber este reconhecimento na história da premiação. A Azul foi eleita em 2019 como a melhor companhia aérea regional da América do Sul pelo nono ano consecutivo pela Skytrax. Adicionalmente, em 2019, a Azul ficou entre as dez primeiras companhias aéreas de baixo custo mais pontuais do mundo, de acordo com a OAG. Para mais informações, visite www.voeazul.com.br/ri

Sobre a Tapera das Artes

A Tapera das Artes, sociedade civil sem fins lucrativos, fundada em junho de  1983, desenvolve  em seu chão sagrado programas e projetos socioculturais para 500 crianças e adolescentes oriundos de famílias de baixa renda no município de Aquiraz, no Ceará, atendendo também um público de aproximadamente 1.200 jovens por ano nas ações formativas em Teatro e Luteria.  Como resultado dos trabalhos realizados, tendo a música como fio condutor, conseguiu destaques e premiações de organismos nacional e internacional, como: Menção Honrosa – Prêmio Itaú/UNICEF- 2001; Menção Honrosa – Prêmio Itaú/UNICEF -2002; Criança Esperança – 2008; Criança Esperança – 2016 e Brasil Foundation – 2019.

A entidade está inscrita no Conselho Municipal de Assistência Social sob o número de Inscrição 07/98; no Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente sob nº 07/98; ocupa assento no Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente e no Conselho Estadual da Mulher; inscrita também no Conselho Nacional de Entidades de Assistência Social – CNEAS, com status concluído, tendo a concessão do Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social – CEBAS.