Programação do Projeto Palavras segue com Teatro de Bonecos e Contação de História

No mês especial com várias datas dedicadas ao livro como o Dia Internacional do Livro Infantil (02/04), o Dia Nacional do Livro Infantil (18/04 em homenagem ao nascimento de Monteiro Lobato) e o Dia Mundial do Livro (23/04).

O  Projeto PALAVRAS passa a contar com o apoio cultural da Biblioteca Estadual do Ceará – BECE, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará. Na programação, autores premiados como Xico Sá e Mailson Furtado, o ilustrador Rafael Limaverde e a participação do ator e músico Paulo Orlando (Dona Zefinha), a Cia Chacoalho de Teatro de Bonecos,  Casa do Conto, Cia Criando Art.  e a contadora de histórias e escritora Poly Jomasi.

O Projeto PALAVRAS tem o apoio institucional da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, com agradecimento à Enel e a realização da Casa da Prosa.

A programação gratuita e online continua pelo Instagram @palavras.projeto e @bece_bibliotecaestadualdoceara e pelo canal da Casa da Prosa no Youtube, da Secult CE e da Biblioteca Estadual do Ceará – BECE.

Confira mais na programação abaixo*

No dia 14/4, a Cia. Chacoalho Teatro de Bonecos  apresentará o espetáculo “Bicho do Rio”, uma adaptação do livro infantil de Almir Mota, “Bicho do Rio”, que conta a história da conhecida lenda da cidade de Jucás, interior do Ceará. No vídeo, a  CIA Chacoalho Teatro de Bonecos apresenta a história através dos bonecos mamulengos. A manipulação dos bonecos fica por conta de Cleodon de Oliveira e Bima Moreira. 

19 anos da Casa do Conto

Formado por Almir Mota, Mara Monteiro, Teddy Williams e Júlia Barros, o grupo fará uma apresentação comemorativa dos seus 19 anos atuando na arte de contar histórias. Os narradores apresentarão contos de autores cearenses no dia 18 de abril, às 16h. A ONG Casa do Conto nasceu de uma ação de incentivo à leitura na Biblioteca Pública Estadual, destinada ao público infantil e aos professores do ensino básico, e tem como objetivo promover a inclusão social através do Livro, da Leitura e da Literatura no Ceará. Integra a Casa do Conto contadores de histórias, escritores, artistas plásticos, músicos, historiadores, pedagogos e arte-educadores que se uniram para

No dia 22, às 19h, a Cia. Criando Arte apresentará o recital poético no dia 22, às 19h. A premiada Cia. em mais de uma década montou mais de 40 trabalhos entre espetáculos de teatro de rua e de tradição, teatro experimental, cenas curtas e experimentações em cinema; apresentou-se em mais de 30 cidades do Ceará, Pernambuco e Rio Grande do Norte; ministrou oficinas e cursos de formação; participou de mais de 20 festivais de caráter local, regional, nacional e internacional; idealizou eventos e projetos sociais presentes no calendário cultural da cidade de Varjota;  e criou e administra a Casa de Arte CriAr, responsável por formações, estudos e experimentos teatrais para artistas de Varjota e região.

Já nos dias 20, 27 e 30/04, o projeto PALAVRAS conta com a participação do jornalista e escritor Xico Sá (19h), do ilustrador Rafael Lima Verde (15h) e do autor Maílson Furtado, (19h), respectivamente.

Encontro do renomado escritor e jornalista Xico Sá com o público mediado por Fabiano Piúba, escritor, gestor cultural e atual secretário de cultura do Ceará acontece no dia 20/4, às 19h. O encontro promete uma conversa instigante  sobre livros, política e outros temas.  Xico Sá nasceu no Crato, na região do Cariri cearense, e iniciou sua trajetória profissional no Recife. Ganhador de importantes prêmios do jornalismo, como “Esso”, “Folha”, “Abril” e “Comunique-se”, é atualmente colunista do jornal “El País/Brasil”. Um dos principais cronistas brasileiros contemporâneos, Xico Sá é autor de “A Pátria em Sandálias da Humildade” (editora Realejo), “Os Machões Dançaram – Crônicas de Amor & Sexo em Tempo de Homens Vacilões“ (ed. Record), “O Livro das Mulheres Extraordinárias” (ed. Três Estrelas), “Big Jato” (ed. Companhia das Letras), “Modos de Macho & Modinhas de Fêmea” (ed. Record) e Chabadabadá – O Macho Perdido e a Fêmea que se Acha (ed. Record), “Sertão Japão” (Ed. Casa de Irene), dentre outros.  

Já o encontro com o Rafael Limaverde vai proporcionar uma oficina de construção de imagens no dia 27/04, às 15h. O ilustrador Rafael Limaverde irá construir um livro de imagens ao vivo e após irá propor que os participantes da oficina façam o mesmo. Rafael Limaverde é xilogravurista, grafiteiro, design e ilustrador. Natural de Belém/PA e radicado no Ceará, formou-se em Artes Visuais pelo Instituto Federal do Ceará (IFCE). Realizou sua primeira exposição de pinturas e infogravuras, intitulada “Caos”, em Fortaleza (2000) e ao longo do seu percurso como artista visual, tem realizado exposições individuais e participado de trabalhos coletivos principais espaços de Fortaleza e do estado como o Salão de Abril, Festival Concreto e Mostra Sesc Cariri (Crato), dentre outros.  Fora do Ceará, o artista expôs na Funarte em São Paulo e no Rio de Janeiro. Fez parte do Grupo Acidum, e atualmente trabalha com design, xilogravura, intervenção urbana e ilustração de livros infantis.

O autor Mailson Furtado apresenta o seu mais recente livro no dia 30/04, às 19h. A obra ELE: um poema-livro (ou uma crônica, também) sobre o viver de um cidadão comum, preso a flutuar sobre seus dias e lugares, inerte ao próprio destino, dito e visto em/como terceira pessoa. Um abordar biográfico daquele(s) que não se conta(m), e, por vezes, nem se sabe(m): a história d’ele – a ser tantos e nenhum. Numa teia de influências e experimentações, o livro se embaralha entre verso, prosa e insights cênicos. Natural da cidade de Varjota/CE, Maílson Furtado é escritor, ator, dramaturgo e gestor cultural.  Ganhou reconhecimento nacional como vencedor do Prêmio Jabuti (2018), com a publicação de “A Cidade”, cumprindo a proeza de ser escolhido o Melhor Livro da principal premiação literária do País, em 60 anos de história, como um autor independente, como são chamados aqueles que publicam sua obra sem o apoio de uma editora. O livro foi vencedor nas categorias Livro do Ano e Poesia. Mailson possui obras publicadas em jornais, revistas e antologias no Brasil e Portugal e mais de 10 textos encenados no teatro. Em entrevista à BBC News Brasil, declarou que o reconhecimento do Jabuti representa um sonho de adolescente de querer um dia mudar o mundo e diz: “é possível viver no lugar onde vivo, que é possível ser jovem e feliz no sertão”. 

*Programação

DataLocalAtraçãoHorário
07 de abrilInstagram @palavras.projeto e @bece_bibliotecaestadualdoceara  / canal Youtube Casa da Prosa e da BECEContação de Histórias – Poly Jomasi17h
09 de abril Instagram @palavras.projeto e canal Youtube Casa da ProsaPerformance Teatral Solo “Oi Mãezinha” com Paulo Orlando (ao vivo)17h
14 de abrilInstagram @palavras.projeto e @bece_bibliotecaestadualdoceara  / canal Youtube Casa da Prosa e da BECETeatro de bonecos com a Companhia Chocalho17h
18 de abrilInstagram @palavras.projeto e @bece_bibliotecaestadualdoceara  / canal Youtube Casa da Prosa e da BECEContação De Histórias Com A Casa Do Conto16h
20 de abrilInstagram @palavras.projeto e Canal Youtube da SecultBate papo com autor Xico Sá (ao vivo)19h
22 de abrilInstagram @palavras.projeto e @bece_bibliotecaestadualdoceara / canal Youtube Casa da Prosa e da BECE Recital Poético com Criart 19h
27 de abril Plataforma SymplaEncontro com ilustrador com Rafael Lima Verde15h
30 de abrilInstagram @palavras.projeto e Canal Youtube da SecultLançamento de livro “ELE” com Mailson Furtado19h

O Projeto

O projeto PALAVRAS é uma realização do escritor e produtor Almir Mota e da contadora de histórias e terapeuta Júlia Barros, ambos realizadores do Baú de Leitura e narradores da Casa da Conto. Uma ação conjunta com a Biblioteca Estadual do Ceará e o Sistema Estadual de Bibliotecas Públicas, o projeto Palavras conta com o apoio institucional da Secretaria da Cultura do Estado e a parceria e agradecimento da Enel, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura. 

O projeto PALAVRAS promove a democratização do livro e da literatura cearense com ênfase na formação de leitores,  por meio de uma ampla programação que contempla recitais poéticos, contações de histórias, encontros com autores e ilustradores e lançamentos de livros. O projeto mobiliza alunos e professores da rede pública de ensino, mas destina-se ao público em geral.

Serviço:

Projeto PALAVRAS

Dias: Terças, quintas e sextas, sempre às 19h – GRATUITO

Programação infantil: quartas-feiras – Gratuito.

Mais informações sobre a programação nos Instagram @palavras.projeto  e@bece_bibliotecaestadualdoceara

Coordenação Geral: Almir Mota

Curadoria: Júlia Barros

Produção executiva: Lara Leoncio

Identidade visual: FOCARTE

Assessoria de Imprensa: Sinal Criativo Comunicação